Página Principal > Cirurgia > TOP 5 melhores casos do ano – Figure 1

TOP 5 melhores casos do ano – Figure 1

Este ano, apresentamos mais casos desafiadores em parceria com a empresa canadense figure1. As imagens publicadas foram um sucesso, com apresentação de diversos quadros raros debatidos por médicos de todo o mundo. Reveja os 5 melhores casos do figure1 em 2016.

 

Caso 1: uma reação anafilática

Uma mulher come salmão pela primeira vez. Chega ao departamento de emergência algumas horas após com edema da língua e dispneia. A paciente apresenta dificuldade em falar, com frases curtas e voz rouca. Qual a sua conduta para esta reação anafilática? Veja mais detalhes do caso!

 

Caso 2: pista diagnóstica na roupa de cama

Paciente com história recente de abordagem cirúrgica da pituitária procura atendimento médico por conta de sangramento visualizado através de mancha em fronha. O material apresentado continha um sinal que indicava uma possível complicação. Você sabe qual é este sinal? Veja mais detalhes do caso!

 

Caso 3: circulação em Cabeça de Medusa

Cabeça de medusa é o termo utilizado para descrever estas veias tortuosas proeminentes na superfície do abdome. É classicamente associada à hipertensão porta e cirrose hepática. Você sabe qual o diagnóstico deste caso? Veja mais detalhes do caso!

 

Caso 4: sinal da semiologia

Este famoso sinal da semiologia aparece em pacientes com infeções, infarto do miocárdio, hipotensão, e distúrbios metabólicos (incluindo diabetes mal controlado). Este sinal na unha, ocorre por uma interrupção do crescimento de sua matriz. Qual é o nome deste famoso sinal da semiologia? Veja mais detalhes do caso!

 

Caso 5: lesão cutânea

Uma paciente desenvolveu uma lesão cutânea, bem delimitada e eritematosa. Este rash surgiu horas após a paciente banhar-se em um córrego. Você consegue identificar a causa desta lesão? Veja mais detalhes do caso!

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

Comentários

Texto

Deixe uma resposta