Página Principal > Emergências > Ministério da Saúde alerta sobre suspeita de surto de febre amarela no país

Ministério da Saúde alerta sobre suspeita de surto de febre amarela no país

Um surto de febre amarela pode estar atingindo o país, segundo o Ministério da Saúde. Até a última sexta-feira, 6, quando a Organização Mundial da Saúde (OMS) foi notificada, já haviam 13 casos suspeitos de infecção desde dezembro, com seis mortes, em algumas cidades mineiras e no interior de São Paulo. Outro indicativo de circulação do vírus da doença é a morte de primatas, que aumentou na região de São Paulo. A investigação para comprovar se as infecções e as mortes foram causadas pela febre amarela ainda está em andamento e não tem prazo para conclusão.

A orientação do Ministério é que as pessoas que moram em áreas de risco e não estão vacinadas, e pessoas com doenças que afetam o sistema imunológico procurem um posto de saúde para se informar sobre a imunização. Governantes de algumas regiões de Minas Gerais já estão preparando campanhas de vacinação.

Os sintomas da doença incluem calafrios, dor de cabeça, cores nas costas e no corpo, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza.  Outros sintomas, em casos graves (cerca de 20-50% dos doentes), também podem envolver febre alta, coloração amarelada da pele e do branco dos olhos, hemorragia, e choque e insuficiência de múltiplos órgãos.

Veja também:’Novo calendário nacional de vacinação do Ministério da Saúde para 2017′

O ciclo silvestre de transmissão acontece com primatas e mosquitos. De acordo com o Centro de Informação em Saúde para Viajantes (Cives) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), as regiões de risco no Brasil são: todos os municípios das regiões Norte e Centro-Oeste e dos estados do Maranhão e de Minas Gerais; e determinadas regiões da Bahia, Piauí, Espírito Santo, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. As pessoas que viajarão para esses lugares também devem ser imunizadas.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

Referências:

  • http://saude.estadao.com.br/noticias/geral,ministerio-comunica-oms-sobre-suspeita-de-surto-de-febre-amarela-no-pais,10000098633
  • http://www.cives.ufrj.br/informacao/fam/fam-br.html

 

Comentários

Texto

Deixe uma resposta