Página Principal > Podcast > Uma nova forma de estimar prognóstico em Terapia Intensiva
pacienta na terapia intensiva

Uma nova forma de estimar prognóstico em Terapia Intensiva

Você já se perguntou, em algum momento, se existe alguma forma de estimar, já na admissão no CTI, o risco de morte de um determinado paciente? A resposta para essa pergunta é sim! E ainda digo mais, não existe apenas uma forma!

O diagnóstico de admissão, muitas vezes, é um fator determinante no prognóstico de um paciente. Pode parecer meio óbvio, mas podemos esperar uma mortalidade maior de pacientes internados com sepse (não está por dentro das novas definições? Dá uma olhada nessa série que a Sala preparou) do que com pacientes admitidos em pós-operatórios eletivos.

Outra forma são os consagrados escores de gravidade usados no CTI, como o SAPS II e o APACHE II. O segundo foi desenvolvido para pacientes submetidos a cirurgias cardíacas, enquanto o primeiro é utilizado para os demais pacientes. Vale a pena dizer que ambos estão disponíveis para os usuários premium do maior aplicativo médico do Brasil, o Whitebook.

A novidade que viemos trazer para vocês hoje é a bioimpedância e o seu ângulo de fase. Um método razoavelmente antigo de avaliação nutricional, mas que somente agora começa a ganhar espaço dentro do ambiente da terapia intensiva. Eu estou falando de um exame não invasivo, facilmente reprodutível e praticamente sem nenhum risco agregado! Parece muito interessante, não é mesmo?

Venha descobrir mais sobre essa novidade com a Sala Vermelha e a PEBMED neste SVCAST gravado especialmente para vocês!

E, se você prefere um método mais visual, gravamos um SVTUBE especial sobre o tema!

PA = arctangent (Xc / R) x 180º / π

O paciente crítico é realmente muito intrigante e sempre um desafio para e a equipe médica. Não podemos nunca deixar de nos atualizar pois qualquer erro pode ser fatal!! Foi pensando nisso que a Sala Vermelha preparou um curso feito sob medida para você!

Descubra como, em três meses, ter domínio sobre o paciente grave aprendendo as três principais patologias de uma Sala Vermelha!




Referências:

  • Fat‑free mass at admission predicts 28‑day mortality in intensive care unit patients: the international prospective observational study Phase Angle Project. Ronan Thibault et al. Intensive Care Med (2016) 42:1445–1453
  • Bioelectric impedance analysis and its use for nutritional assessments. Michaela EICKEMBERG et al. Rev. Nutr., Campinas, 24(6):883-893, nov./dez., 2011

Deixe uma resposta