Página Principal > Saúde Pública > Pesquisa mostra que 59% dos pacientes com câncer são internados já em estágios avançados
medico com laco azul

Pesquisa mostra que 59% dos pacientes com câncer são internados já em estágios avançados

A Comissão de Fiscalização (Cofis) do CREMERJ fez um levantamento sobre a assistência oncológica do Estado e os resultados mostraram falhas graves: a maioria dos hospitais não tem a verba necessária para funcionamento adequado e o paciente pode demorar até 1 ano desde a realização da biópsia para a primeira consulta com um oncologista.

A pesquisa foi realizada de outubro a novembro de 2016 por meio de fiscalizações em 19 instituições, entre hospitais públicos, privados – com parceria público-privada – e filantrópicos, que oferecem serviços na área. Em geral, um paciente com câncer pode experienciar:

– demora de quatro semanas para a entrega do resultado de exames básicos
– depois, de mais quatro semanas para o resultado do histopatológico
– e, por fim, mais 11 semanas para receber o resultado do imuno-histoquímico

Mais sobre a Saúde no Brasil: ‘Entenda o novo plano de saúde popular’

Essa demora vai diretamente contra a Lei dos 60 dias (nº 12.732/2012), que estabelece o prazo de 60 dias para o início do tratamento oncológico:

“Art. 2º. O paciente com neoplasia maligna tem direito de se submeter ao primeiro tratamento no Sistema Único de Saúde (SUS), no prazo de até 60 (sessenta) dias contados a partir do dia em que for firmado o diagnóstico em laudo patológico ou em prazo menor, conforme a necessidade terapêutica do caso registrada em prontuário único.”

Em relação aos recursos dos hospitais, os resultados são alarmantes:

  • 80% das instituições recorrem a outras unidades para a realização da ressonância magnética. A espera do agendamento e da entrega dos resultados dura aproximadamente 25 semanas.
  • 90% das unidades não possuem exames imuno-histoquímicos. A média de espera pelo resultado é de 10 semanas.
  • 42% das unidades sofre com a falta recorrente de quimioterápicos
  • 74% dos hospitais não realizam radioterapia. O tempo de espera para o início do tratamento radioterápico é de oito semanas.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

Com isso, 59% dos pacientes são internados com câncer em estágios avançados, diminuindo consideravelmente as chances de um desfecho clínico positivo.

A defensoria pública federal informou durante uma coletiva de imprensa que todas as unidades foram notificadas e receberam o prazo de 30 dias para solucionarem os problemas. A publicação completa da CREMERJ pode ser vista aqui.

Referências:

  • http://www.cremerj.org.br/informes/exibe/3392

Deixe uma resposta