Página Principal > Figure 1 (Página 11)

Figure 1

dezembro, 2015

  • 22 dezembro

    Melanose Pustular Benigna

    Recém-nascido, com 22 horas de vida, apresenta pústulas em face e pescoço. Este caso publicado no figure 1 mobilizou mais de 16.000 membros da comunidade médica. Trata-se de um caso clássico de Melanose Pustular Benigna do recém-nato, doença comum sem necessidade de administração de antibióticos. Para mais casos como esse acesse FIGURE 1

  • 15 dezembro

    Urina verde musgo após sedação

    Esse paciente apresentou urina esverdeada após a infusão de propofol para sedação. Enquanto este paciente estava assintomático, urina verde pode indicar a síndrome da infusão do propofol (SIP), uma grave complicação caracterizada por rabdomiólise, hiperlipidemia, bradcardia refratária, choque cardiogênico, acidose metabólica e hepatomegalia. Para mais casos como esse acesse FIGURE 1

  • 8 dezembro

    Um procedimento antiquado

    Paciente submetido a uma toracoplastia, um procedimento cirúrgico historicamente indicado para o tratamento de tuberculose pulmonar. O procedimento consistia na ressecção de múltiplas costelas para o colapso permanente da caverna pulmonar, em lobo superior e inativar a doença.Este tratamento era utilizado antes do advento da antibiótico terapia. Para mais casos como esse acesse: Figure 1.

  • 1 dezembro

    Um retalho abdominal

    O retalho pediculado é um fragmento de pele que permanece parcialmente ligado à área doadora e recebe suprimento sanguíneo da pele sã. Estes enxertos podem ser usados ​​em cirurgias plástica e reconstrutivas para cobrir ossos, nervos, tendões, grandes vasos e órgãos. Para mais casos como esse acesse: Figure 1.

novembro, 2015

  • 24 novembro

    Geada ou neve urêmica

    A neve ou geada urêmica ocorre em pacientes em estágio terminal de doença renal crônica e é considerada uma indicação de diálise. Ela é decorrente do suor que evapora e da forma cristalizada da ureia na pele. Este era um achado comum antes da disseminação da diálise como tratamento de pacientes com insuficiência renal. Para mais casos como esse acesse: Figure 1.

  • 17 novembro

    Uma grave intoxicação como efeito colateral

    Paciente com prótese de quadril apresenta intoxicação por cobalto e crômio. Os principais sintomas foram perda progressiva da audição, visão turva e neuropatia periférica. Para qual outra condição este paciente deve ser rastreada? Cardiomiopatia dilatada é um complicação clássica da intoxicação por cobalto. Outros efeitos secundários incluem zumbidos, dermatite e insuficiência renal. Para mais casos como esse acesse: Figure 1.

  • 10 novembro

    Qual é esta doença pediátrica rara?

    Esta criança de 12 anos apresenta uma desordem genética rara chamada querubismo. O paciente apresenta inchaço bilateral da mandíbula decorrente da substituição de osso maxilar e mandibular por tecido fibroso e cistos ósseos. Cirurgia pode ser realizada, porém é recomendado adiar a intervenção cirúrgica até o final da puberdade, pois regressão espontânea costuma ocorrer.

  • 3 novembro

    Qual a causa desta arritmia?

    Jovem atleta do sexo feminino com apresentação de palpitações recorrentes com frequência de até 250 bpm. Qual a causa subjacente da arritmia? O paciente tem   Síndrome de Wolff-Parkinson-White, condição caracterizada pela presença de uma via acessória de condução atrioventricular, gerando pré-excitação e predispondo a arritmias sintomáticas. Após reversão da arritmia,  tratamento a longo prazo é obtido com abração da via …

outubro, 2015

  • 27 outubro

    O que está causando estas lesões?

    Paciente feminina, 60 anos de idade, com história de lesões bolhosas, preenchida por líquido, cobrindo abdome, dorso e membros superiores. Após ruptura das bolhas, surgem lesões erosivas úmidas com o desenvolvimento de hiperpigmentação pós inflamatória. O que está causando estas lesões?  Paciente com suspeita de penfigóide bolhoso, doença autoimune, com característica recidivante e remitente a qual apresenta-se com lesões bolhosas, tensas e …