Clínica Médica

5 mnemônicos para salvar o plantão

Tempo de leitura: 3 min.

Na hora de avaliarmos um caso no plantão, é importante termos raciocínio rápido e direcionado. Os mnemônicos, que já são consagrados como estratégia de estudo, também podem nos ajudar na prática médica. Neste post, vamos trazer 5 mnemônicos úteis para conduzir os casos no plantão. 

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas
Cadastrar Login

5H`s 5T`s: o clássico da PCR

Você provavelmente já conhece este clássico. Mas optei por iniciar com o mnemônico que mais uso. Foram muitas as vezes em que pensei nos 5H`s e 5T`s para revisar as causas reversíveis de parada cardíaca. Este é o tipo de informação que precisa estar automatizada, já que vamos precisar dela em um momento bastante crítico do atendimento. Então, é sempre válido revisar:

  • Hipovolemia;
  • Hipóxia;
  • Hidrogênio (acidemia);
  • Hipo/hipercalemia;
  • Hipotermia;
  • Tensão no tórax por pneumotórax;
  • Tamponamento cardíaco;
  • Toxinas;
  • Trombose coronariana;
  • Trombose pulmonar.

Lembrava de todos?

SNOOP: não deixe passar os sinais de alarme da cefaleia!

Um dos pontos principais na hora de atender um paciente com cefaleia na emergência é diferenciar a cefaleia entre primária e secundária. Em ambos os casos, os pacientes podem se apresentar na emergência ou no ambulatório buscando alívio imediato de sua dor, sem descrever outros sintomas. Neste contexto, a busca ativa de sinais de alarme é essencial para não deixarmos passar nenhum detalhe importante. Uma boa dica para lembrarmos os red flags é o SNOOP:

Para saber mais sobre os red flags das cefaleias, acesse: Cefaleia na emergência: quais red flags devo procurar?

MIST: investigando alteração de nível de consciência

Na hora de investigarmos a alteração de nível de consciência, quais as causas mais prováveis? Segue o MIST (do inglês, névoa):

  • Metabólica (ex: eletrólitos, amônia, glicose);
  • Infecciosa;
  • Structural (estrutural, ex: hemorragia cerebral, dor, constipação);
  • Toxinas (álcool, drogas, venenos).

HINTS: diferenciando as vertigens

Como proceder diante de um caso de vertigem na emergência? Investigar todos pode gerar custos desnecessários e danos ao paciente, por outro lado, não podemos deixar passar um AVC.
O teste HINTS (Head-impulse-nystagmus-test-of-skew) pode ser utilizado para diferenciação de vertigens periféricas e centrais, indicando quais casos (vertigem central) devem ser melhor investigados quanto a possibilidade de AVE isquêmico.

Para saber mais sobre como realizar o teste de HINTS, acesse: AVE em pacientes com vertigem: Teste HINTS

VIBES: otimizando o atendimento do paciente cirrótico

Para encerrar nossas dicas, vamos trazer um mnemônico para nos ajudar a lembrar as etapas importantes do atendimento inicial ao paciente cirrótico: 

  • Volume (o paciente está desidratado?);
  • Infecção (identificou algum foco infeccioso?;
  • B leeding (sangramento de varizes?);
  • Encefalopatia?;
  • Screenging para outras doenças, como hepatite.

Você costuma usar mnemônicos na sua prática? As dicas foram úteis? Passe no Fórum da PEBMED e compartilhe suas dicas com a gente! 

Autora:

Referências bibliográficas:

 

Compartilhar
Publicado por
Dayanna de Oliveira Quintanilha

Posts recentes

Os novos anticoagulantes orais estão sendo mais utilizados que os antagonistas da vitamina K em pacientes com FA?

Os novos anticoagulantes surgiram como uma alternativa e mostraram eficácia e segurança semelhante ou melhor…

16 horas atrás

Whitebook: coombs indireto – o que é e como solicitar?

Essa semana, falamos sobre o coombs indireto em obstetrícia. Em nossa publicação de conteúdos do…

20 horas atrás

Diagnóstico de policitemia vera: conceitos importantes

Policitemia vera é uma síndrome mieloproliferativa caracterizada por aumento da massa eritrocitária. Saiba mais.

1 dia atrás

AAP 2021: avaliação de sepse tardia e terapia empírica em prematuros extremos

O objetivo de um estudo apresentado na AAP 2021 foi definir a frequência da sepse…

2 dias atrás

Podcast da Pebmed: dissecção da artéria vertebral. Como diagnosticar e tratar? [podcast]

No episódio de hoje, Henrique Cal, vai discutir sobre causas que podem levar à dissecção…

2 dias atrás

Destaque das diretrizes no manejo do tabagismo

O tabagismo é a principal causa de morte evitável no mundo. Atualmente são cerca de…

2 dias atrás