AAS x rivaroxabana para a saúde do coração

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

Pesquisadores do centro de pesquisa Janssen Research & Development interromperam o estudo Cardiovascular Outcomes for People Using Anticoagulation Strategies (COMPASS), um ano antes do planejado, com base na alta performance dos testes: uma terapia antitrombótica diária com rivaroxabana obteve resultados superiores a AAS isoladamente em pacientes com doença arterial coronariana ou periférica.

O objetivo principal do estudo COMPASS foi avaliar se o tratamento com rivaroxabana e AAS ou apenas rivaroxabana é melhor do que AAS isoladamente na prevenção de ataque cardíaco, acidente vascular cerebral ou morte cardiovascular em pacientes com doença arterial coronariana ou periférica.

O estudo randomizou 27.402 pacientes em mais de 600 locais ao redor do mundo para receber:

  • 2,5 mg de rivaroxabana duas vezes por dia + 100mg de aspirina uma vez ao dia;
  • 5 mg de rivaroxabana duas vezes por dia;
  • ou 100 mg de aspirina uma vez.

A rivaroxabana obteve resultados superiores em pacientes com doença arterial coronariana ou periférica. Devido à magnitude do efeito e à confirmação do perfil de segurança, os pacientes do estudo receberão o fármaco em um ensaio aberto. Uma análise completa do COMPASS será apresentado ainda esse ano.

Referências:

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar