Cardiologia

AAS x rivaroxabana para a saúde do coração

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

Pesquisadores do centro de pesquisa Janssen Research & Development interromperam o estudo Cardiovascular Outcomes for People Using Anticoagulation Strategies (COMPASS), um ano antes do planejado, com base na alta performance dos testes: uma terapia antitrombótica diária com rivaroxabana obteve resultados superiores a AAS isoladamente em pacientes com doença arterial coronariana ou periférica.

O objetivo principal do estudo COMPASS foi avaliar se o tratamento com rivaroxabana e AAS ou apenas rivaroxabana é melhor do que AAS isoladamente na prevenção de ataque cardíaco, acidente vascular cerebral ou morte cardiovascular em pacientes com doença arterial coronariana ou periférica.

O estudo randomizou 27.402 pacientes em mais de 600 locais ao redor do mundo para receber:

  • 2,5 mg de rivaroxabana duas vezes por dia + 100mg de aspirina uma vez ao dia;
  • 5 mg de rivaroxabana duas vezes por dia;
  • ou 100 mg de aspirina uma vez.

A rivaroxabana obteve resultados superiores em pacientes com doença arterial coronariana ou periférica. Devido à magnitude do efeito e à confirmação do perfil de segurança, os pacientes do estudo receberão o fármaco em um ensaio aberto. Uma análise completa do COMPASS será apresentado ainda esse ano.

Referências:

Compartilhar
Publicado por
Vanessa Thees

Posts recentes

Atividade física e Covid-19: a importância da reavaliação médica no retorno aos treinos

Nesse primeiro vídeo sobre atividade física e covid-19, o cardiologista Mateus Freitas comenta sobre a…

14 horas atrás

Novas evidências: Laser fracionado de CO2 para tratamento de atrofia vaginal

O laser fracionado de CO2 ganha cada vez mais credibilidade no tratamento de patologias urogenitais.…

15 horas atrás

Manejo da dispneia na emergência com uso de ultrassonografia point-of-care (POCUS)

A ultrassonografia POCUS pode ser utilizada como ferramenta diagnóstica e como guia da evolução da…

16 horas atrás

CHEST 2021: Fibrose pulmonar idiopática, neurointensivismo, DPOC e muito mais

O CHEST 2021, congresso do American College of Chest Physicians, trouxe diversas novidades e discussões…

17 horas atrás

Estudo mostra bebês prematuros extremos que sobrevivem ao parto também melhoram os desfechos de neurodesenvolvimento

Um estudo avaliou o neurodesenvolvimento e a incapacidade neurológica significativa aos dois anos em bebês…

18 horas atrás

Perfil metabólico nas mulheres em amamentação exclusiva após uma gestação com diabetes gestacional

A diabetes gestacional é uma doença de incidência variável no mundo, chegando a 17,8% das…

19 horas atrás