Academia Americana de Oftalmologia divulga novas orientações sobre coronavírus

Tempo de leitura: 2 min.

A academia americana de oftalmologia compartilhou, esta semana, informações importantes para os oftalmologistas sobre o novo tipo de coronavírus (SARS-CoV-2). O vírus altamente contagioso pode causar uma doença respiratória grave, conhecida como Covid-19.

Coronavírus e oftalmologia

O que precisamos saber?

  • Vários artigos sugerem que o vírus pode causar conjuntivite e ser transmitido por contato com aerosol da conjuntiva;
  • Pacientes que vão ao oftalmologista com conjuntivite que também apresentam febre e sintomas respiratórios, como tosse e taquipneia, e que fizeram viagens internacionais (particularmente nas áreas epidêmicas como China, Irã, Itália, Japão e Coreia do Sul) ou que tenham familiares que retornaram dessas áreas, podem representar casos de Covid-19. A recomendação é proteger sua boca, nariz e olhos quando cuidar de pacientes potencialmente infectados;
  • O vírus que causa Covid-19 é bastante susceptível ao mesmo álcool e soluções desinfetantes que os oftalmologistas comumente usam para desinfectar instrumentos oftalmológicos e mobília para evitar transmissão de outros vírus.

Sobre o vírus

O SARS-CoV-2 é um vírus RNA fita simples, envelopado, que causa a Covid-19. Apesar de o vírus não parecer ser tão letal quanto o SARS coronavírus ou o MERS coronavírus, um número significativo de mortes ocorreu. Os pacientes se apresentam com doença respiratória, incluindo febre, tosse e dispneia; a conjuntivite também é reportada.

Complicações graves incluem, principalmente, a pneumonia. Os sintomas podem aparecer com dois e até 14 dias após a exposição. Por enquanto, não existe vacina para prevenir a infecção e nenhuma medicação ainda efetiva para o tratamento. Atualmente existe uma tentativa de entender se existe transmissão assintomática. Um caso descrito no JAMA mostrou um paciente assintomático que possivelmente infectou cinco membros de uma família.

Leia também: Qual o papel dos oftalmologistas na epidemia pelo novo coronavírus?

 

Coronavírus e conjuntivite

Num estudo do jornal de virologia, dos 30 pacientes hospitalizados com Covid-19 na china apenas um teve conjuntivite. Esse paciente (e os outros não) tinha SARS-CoV-2 nas secreções oculares. Isso sugere que o vírus infecta a conjuntiva e causa conjuntivite. Num estudo maior publicado na New England Journal of Medicine foi documentada congestão conjuntival em nove de 1099 pacientes (0,8%) com confirmação laboratorial de 30 hospitais na china.

Questões que precisamos identificar:

  1. O paciente tem sintomas respiratórios?
  2. O paciente fez viagens internacionais recentemente?
  3. O paciente viajou para China, Irã, Itália, Coreia do Sul, Japão ou tem familiares que voltaram desses países?

Ao agendar pacientes é recomendável:

  • Reagendar pacientes com questões não urgentes que tenham os critérios acima nos últimos 14 dias;
  • Pacientes possivelmente contaminados com condições oculares urgentes podem ser examinados, mas deve ser usado equipamento de proteção (luvas, máscara e óculos de proteção) por toda a equipe de atendimento.

Leia mais:

Autora:

Referência bibliográfica:

Compartilhar
Publicado por
Juliana Rosa

Posts recentes

Suporte ventilatório não invasivo na Covid-19: quando intubar?

Estudo verificou que o uso de suporte ventilatório não invasivo como primeiro suporte foi fator…

49 minutos atrás

Covid-19: FDA autoriza uso emergencial da vacina Pfizer em adolescentes de 12 a 15 anos

O Food and Drug Administration (FDA) autorizou o uso emergencial da vacina Pfizer-BioNTech COVID-19 em…

2 horas atrás

Screening de hipertensão arterial em adultos: recomendações da USPSTF

Em abril, houve a publicação de um documento da USPSTF recomendando o screening de hipertensão…

3 horas atrás

Orientações ao Paciente ganha nova estrutura; saiba mais!

Acesse o post e fique por dentro das mudanças na categoria Orientações ao Paciente, que…

18 horas atrás

Covid-19: experiências exitosas e o protagonismo do enfermeiro

Em meio à pandemia de Covid-19, o trabalho da enfermagem vem se destacando e sendo…

19 horas atrás

Top 10 abril: ECMO na Covid-19, ivermectina, hidroxicloroquina e muito mais

O mês de abril foi muito intenso no meio médico. Confira os principais destaques de…

21 horas atrás