Página Principal > Colunistas > Acidose láctica: devemos usar bicarbonato em pacientes com o distúrbio?
Acidose láctica

Acidose láctica: devemos usar bicarbonato em pacientes com o distúrbio?

Tempo de leitura: 2 minutos.

A acidose láctica é caracterizada pelo acúmulo de ácido láctico no organismo, provocando a acidificação do sangue e nos fluídos corporais. Uma boa interpretação dos distúrbios ácido-base exige:

  1. identificar se estamos diante de uma acidose ou alcalose;
  2. definir o distúrbio primário (metabólico ou respiratório; agudo ou crônico; ver se o distúrbio é simples ou misto);
  3. se for uma acidose metabólica, calcular o anion-gap (sempre);
  4. se for uma acidose com anion gap aumentado, calcular o delta anio-gap/ delta bicarbonato; para identificar outros distúrbios que possam estar ‘’escondidos’’;
  5. tratar (corrigir) a CAUSA da acidose, evitando o uso de bicarbonato quando não tem indicação.

Nos sabemos que a acidemia grave pode:

  • Aumentar o trabalho respiratório, gerando fadiga da musculatura;
  • Pode acarretar perda de função de proteínas e enzimas celulares,
  • Risco de arritmias, reduz a contratilidade miocárdica, piorando o débito cardíaco,
  • Pode gerar confusão, coma, PCR.

Leia mais: Bicarbonato na acidose metabólica grave: novas evidências revelam melhora no desfecho

Então muitas vezes ficamos com ‘’medo’’ e acabamos utilizando bicarbonato sem antes corrigir a causa de que levou a acidose (sepse por exemplo), e isto, de verdade, pode trazer mais problemas do que soluções:

  • Hipernatremia, aumento da osmolaridade plasmática, edema agudo de pulmão.
  • Pode piorar a liberação de O2 aos tecidos (hipóxia tissular) o que piora a disfunção orgânica celular.
  • Piora a acidose intracelular, podendo piorar o pH liquorico
  • Reduz o cálcio ionizado, podendo gerar arritmias graves.
  • Gera alcalose de rebote

O uso de bicarbonato não diminui a mortalidade na acidose láctica, e pode piorar a disfunção orgânica. Então, quando usar bicarbonato?

  • Quando, depois de otimizar o tratamento para a CAUSA da acidose láctica, o paciente persiste com pH menor de 7,15 (alguns autores defendem 7,10) e o bicarbonato continua menor de 10mEq/L

É médico e também quer ser colunista do Portal da PEBMED? Inscreva-se aqui!

Autor:

Referências:

  • ‘’Lactic Acidosis’’ Jeffrey A. Kraut, M.D., and Nicolaos E. Madias, M.D. NEJM
  • ROCHA, Paulo Novis. Uso de bicarbonato de sódio na acidose metabólica do paciente gravemente enfermo.  Brazilian Journal of Nephrology

Um comentário

  1. Avatar
    Jazmina Duarte

    Dr. Soy seguidora de sus videos, me encanta como enseña y explica. Gracias por compartir sus conocimientos, saludos desde Chile…espero que siga haciendo videos y publicaciones en español!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.



Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.