Cirurgia

ACSCC 2020: Temas mais comentados

Tempo de leitura: 2 min.

Desde 2013 há uma sessão no ACS que contempla os assuntos mais falados. Normalmente os organizadores buscam aquilo que está sendo comentado pelos colegas nos corredores dos congressos. Infelizmente a interação interpessoal não foi possível este ano, porém o PS- Hot Topic in General Surgery, buscou sua fonte nos canais de discussão dentro do próprio congresso. Os temas mais comentados foram selecionados, para que pudessem ser compilados dentro de uma sessão única.

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas
Cadastrar Login

Os temas selecionados foram:

  • Hérnia Inguinal Robótica

Quem são os reais beneficiados após uma cirurgia robótica de hérnia inguinal? O paciente? O Cirurgião? Ou o hospital?. A discussão elucidada pelo Prof. Stanley W. Ashle foi bastante clara que quando analisamos os dados a generalização do uso da plataforma robótica pode não ser universal.

  • Próteses em fístulas gastrointestinais

O uso de próteses para o tratamento de fístulas, especialmente no trato digestivo alto está cada vez mais difundido e pode ser considerado o tratamento inicial para perfurações esofágicas. A aula do Prof. Dean J. Mikami também abordou as aplicações em fístulas após gastrectomias verticais e com vídeos demostrou suas técnicas, inclusive com uso de colas de fibrinas e stents recobertos.

  • Pacientes anticoagulados com trauma cranioencefálico fechado

Apesar de não ser a área do cirurgião geral, normalmente estes são os primeiros a receberam pacientes politraumatizados e assim é importante saber algumas medidas que devem ser realizadas na medida de reverter o estado de anticoagulaçao. A Profª. Amy N. Hildreth elucidou muitas dúvidas que são frequentes nesta situação.

  • Como detectar violência entre casais, na sala de emergência.

Infelizmente a violência doméstica é frequente em todo o globo, sendo mais frequente em algumas regiões. A Profª. Carrie A. Sims demostrou a importância de profissionais de saúde serem capazes de detectarem esta violência e comunicar as autoridades locais. Infelizmente muitas destas agressões são negligenciadas. Alguns tipos de lesão são mais características de agressões e devem gerar um alerta mesmo que o paciente alegue outra causa. Além das escoriações em face e membros, relembra que a rotura do tímpano também pode ter sido por agressão.

  • Apendicectomia intervalada

A discussão sobre apendicite continua, e uma vez feito o tratamento conservador quais seriam suas possibilidades? Devemos proceder sempre a apendicectomia após um sucesso com tratamento conservador? O Prof. Daniel L. Dent, detalha formas para esta tomada de decisão. Esclarece que devemos ser francos com os pacientes e explicar os benefícios e riscos de cada caminho a ser tomado. Em especial os pacientes maiores de 40/50 anos devem-se ficar atento para o risco de malignidade

  • Colecistectomia parcial

Está cada vez mais estabelecido que a colecistectomia parcial é uma alternativa viável para casos complexos sem visualização adequada do triângulo hepato-cistico. Prof. Benjamin K. Poulose enfatizou estes dados e demostrou com vídeos, que apesar de parecer uma cirurgia bagunçada os resultados são mais seguros que uma tentativa de dissecção do infundíbulo.

Veja mais do congresso:

Autor(a):

Referências bibliográficas:

Compartilhar
Publicado por
Felipe Victer

Posts recentes

CHEST 2021: fibrose pulmonar idiopática – atualizações baseadas em evidências

A fibrose pulmonar idiopática (FPI) é a doença intersticial com maior prevalência no mundo. Em…

3 horas atrás

Os novos anticoagulantes orais estão sendo mais utilizados que os antagonistas da vitamina K em pacientes com FA?

Os novos anticoagulantes surgiram como uma alternativa e mostraram eficácia e segurança semelhante ou melhor…

1 dia atrás

Whitebook: coombs indireto – o que é e como solicitar?

Essa semana, falamos sobre o coombs indireto em obstetrícia. Em nossa publicação de conteúdos do…

1 dia atrás

Diagnóstico de policitemia vera: conceitos importantes

Policitemia vera é uma síndrome mieloproliferativa caracterizada por aumento da massa eritrocitária. Saiba mais.

2 dias atrás

AAP 2021: avaliação de sepse tardia e terapia empírica em prematuros extremos

O objetivo de um estudo apresentado na AAP 2021 foi definir a frequência da sepse…

2 dias atrás

Podcast da Pebmed: dissecção da artéria vertebral. Como diagnosticar e tratar? [podcast]

No episódio de hoje, Henrique Cal, vai discutir sobre causas que podem levar à dissecção…

2 dias atrás