Leia mais:
Leia mais:
Vacina da Janssen pode estar relacionada a casos raros de síndrome de Guillain-Barré
Uso de albumina no paciente crítico: o que precisamos saber
Uso de albumina a longo prazo pode reduzir mortalidade na cirrose descompensada
Albumina sérica como biomarcador para o prognóstico da síndrome de Guillain-Barré
Albumina associada a lactulose ajuda a melhorar a encefalopatia hepática?

Albumina sérica como biomarcador para o prognóstico da síndrome de Guillain-Barré

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

A síndrome de Guillain-Barré é uma doença de caráter autoimune que acomete primordialmente a mielina da porção proximal dos nervos periféricos de forma aguda ou subaguda. É a maior causa de paralisia flácida generalizada no mundo, com incidência anual de 1–4 casos por 100.000 habitantes.

A imunoglobulina intravenosa (IgIV) tem sido o tratamento de escolha na maioria dos países, apesar de seu mecanismo de ação pouco compreendido.

Existe uma necessidade de biomarcadores para monitorar a eficácia do tratamento e antecipar o resultado em pacientes com síndrome de Guillain-Barré. Neste contexto, Fokkink e colaboradores realizaram um estudo para avaliar se os níveis séricos de albumina podem servir como marcador prognóstico em pacientes com síndrome de Guillain-Barré tratados com IgIV.

As concentrações séricas de albumina foram determinadas antes e após o tratamento com IgIV (2 g/kg) e relacionadas com desfechos clínicos: fraqueza muscular, insuficiência respiratória e capacidade de deambulação.

Os níveis séricos de albumina foram determinados em 174 pacientes com a síndrome (idade média [DP]: 49,6 [20,1] anos, 99 homens [56,9%]). Antes do tratamento, a mediana do nível de albumina sérica foi de 4,2 g/dL (intervalo interquartil, 3,8-4,5 g/dL), com hipoalbuminemia (albumina, <3,5 g/dL) em 20 (12,8%) pacientes.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

Duas semanas após o início do tratamento com IgIV, a mediana do nível de albumina sérica diminuiu para 3,7 g/dL (intervalo interquartil, 3,2-4,1 g/dL) (p<0,001) e o número de pacientes com hipoalbuminemia aumentou para 60 (34,5%) (p<0,001).

Hipoalbuminemia foi associada com uma maior chance de insuficiência respiratória antes (p=0,001) ou após (p<0,001) o tratamento com IgIV, incapacidade de deambulação (p<0,001) e fraqueza muscular grave na semana 4 (p<0,001) e em 6 meses (p<0,001).

Os autores concluíram que os pacientes com síndrome de Guillain-Barré podem desenvolver hipoalbuminemia após o tratamento com IgIV, que está relacionado com um curso clínico mais grave e piores desfechos. Estudos prospectivos devem verificar estes resultados para confirmar o benefício da albumina sérica como biomarcador para o prognóstico da síndrome de Guillain-Barré na prática clínica.

Veja também: ‘Procedimentos cirúrgicos podem aumentar o risco para a síndrome de Guillain-Barré’

Autor:

Referências:

  • Fonseca TCP. Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas: SíndromeSíndrome de guillain-barré. 2002;2–5.
  • Fokkink W-JR, Walgaard C, Kuitwaard K, Tio-Gillen AP, van Doorn PA, Jacobs BC. Association of Albumin Levels With Outcome in Intravenous Immunoglobulin–Treated Guillain-Barré Syndrome. JAMA Neurol [Internet]. 2016;1–8. Available from: https://archneur.jamanetwork.com/article.aspx?doi=10.1001/jamaneurol.2016.4480
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar