Álcool e tabagismo podem influenciar a terapia de reposição hormonal?

A terapia de reposição hormonal (TRH) em mulheres pós-menopausa é influenciada por diversos fatores, dentre eles os hábitos de vida.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

A terapia de reposição hormonal (TRH) em mulheres pós-menopausa é influenciada por diversos fatores, dentre eles os hábitos de vida – sendo o tabagismo e uso de álcool os principais a instigar os níveis séricos de estradiol.

Durante a reunião anual de 2019 (NAMS), um estudo realizado por Intira Sriprasert (MD) da Escola de Medicina Keck da Universidade do Sul da Califórnia (em Los Angeles) avaliou o a dose e o nível sérico de estradiol em mulheres saudáveis em vigência de terapia hormonal.

Sriprasert analisou dados de dois estudos randomizados, controlados e duplo-cegos, sendo um multicêntrico (REPLENISH) e o o outro de um centro único (ELITE), visando encontrar a relação entre a dose do estradiol e o seu nível sérico, bem como eficácia, efeitos adversos e adesão. A conclusão por eles encontrada foi que em mulheres em TRH a dose de estradiol e os níveis séricos estavam independentemente associados as alterações metabólicas, todavia os níveis séricos estavam associados a progressão da aterosclerose.

Leia também: Saiba como iniciar e quando parar a terapia hormonal no climatério

O estudo REPENISH analisou 5.881 consultas de 1.173 mulheres com útero entre 40 e 65 anos, sendo a média de 54 anos com e tempo médio desde o início da menopausa 5,2 anos. Essas participantes foram separadas em 4 grupos para receberem TRH diferentes dosagens de 17β-estradiol com progesterona (respectivamente): (1) 1 mg + 100 mg, (2) 0,5 mg + 100 mg, (3) 0,5 mg + 50 mg e (4) 0,25 mg + 50 mg, e um outro grupo de pacientes que recebiam placebo – quando adesão inferior a 80% as mesmas foram excluídas.

As variantes correlacionadas foram: idade, tempo (anos) desde a menopausa, peso, índice de massa corporal (IMC), creatinina, aspartato aminotransferase (AST), alanina aminotransferase (ALT), tabagismo, álcool e uso de medicamentos (anti-hipertensivos, anticonvulsivantes, hipoglicemiantes antidislipidêmicos).

O resultado encontrado foi que há um aumento significativamente estatístico (p =0,002) no nível sérico de estradiol nas mulheres as quais faziam TRH e não fumavam, porém faziam uso de álcool; Já nas mulheres as quais fumavam e não usavam álcool esses níveis foram significativamente mais baixos (p = 0,01).

Já no estudo ELITE, foram avaliadas 256 mulheres, sendo 118 mulheres (com idade média de 55 anos e tempo médio de menopausa de 3,6 anos) e 138 com menopausa tardia (com idade média de idade de 64 anos e tempo médio de menopausa de 16 anos). Sendo divididos dois grupos onde um recebeu 17 mg-estradiol 1 mg por dia e metade placebo, nos resultados foram encontrados aumentos significativamente estatísticos nos níveis de estradiol sérico com IMC (p < 0,0001) e álcool dose dependente (p= 0,0001), já com o tabagismo os níveis foram significantemente menores (p=0,0005), não houveram diferenças significativas entre mulheres com menopausa precoce ou tardia.

Mais da autora: Parto vaginal está associado a menor incidência de doenças alérgicas

Desse modo, segundo o autor do estudo, para alcançar níveis desejáveis de estradiol sérico associado a prevenção da aterosclerose, fatores como álcool e tabagismo devem ser considerados em mulheres em uso de estradiol oral, uma vez que interferem nos resultados por afetarem a função hepática. Todavia, devemos ressaltar que alguns vieses estavam presentes nos estudos, a exemplo das populações analisadas, porém o resultado é importantes para durante a escolha da dose e da TRH visando uma melhor resultado do tratamento.

Referência bibliográfica:

  • Alcohol, Smoking Alter Estradiol Levels in Hormone Therapy – Medscape – Nov 25, 2019.
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão