Página Principal > Colunistas > ALERTA! Uso de biotina pode levar à interpretação errada de exames laboratoriais
tubos de sangue para exame laboratorial

ALERTA! Uso de biotina pode levar à interpretação errada de exames laboratoriais

A biotina, também conhecida como vitamina B7, vitamina H ou coenzima R, é uma vitamina hidrossolúvel utilizada como suplemento vitamínico ou no tratamento para pele, unhas e cabelo.

Em 2016, o periódico New England Journal of Medicine publicou uma carta relatando que o tratamento com a biotina em seis crianças levou a resultados laboratoriais que mimetizavam os de hipertireoidismo por doença de Graves: elevadas concentrações de T4 livre e T3 total, baixos níveis de TSH e altos níveis de anticorpo antirreceptor de TSH (TRAb). O quadro clínico e ultrassonografia não eram compatíveis com doença de Graves e a descontinuação do tratamento com biotina levou à normalização dos exames.

O uso da biotina pode levar a uma interpretação errada de dosagens laboratoriais, incluindo exames de hormônios tireoidianos. Isto porque os exames de imunoensaios, que analisam e quantificam muitos hormônios, contêm a biotina, utilizada para melhorar a sensibilidade dos ensaios. A interferência da biotina pode levar a resultados falso-positivos, mas também a falso-negativos.

Mais do autor: ‘Você sabe reconhecer e tratar a hiperglicemia hospitalar?’

Há grande risco de se analisar os exames laboratoriais de um paciente usando biotina, especialmente em grandes doses, de forma equivocada. Assim, um diagnóstico errado pode ser realizado ou até um tratamento inadequado pode ser iniciado.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

Eis aqui mais um exemplo da importância de se realizar uma anamnese cuidadosa em que se anotem os nomes de todos os medicamentos e suplementos usados pelo paciente.

Autor:

Referências:

  • Kummer S, Hermsen D, Distelmaier F. Biotin Treatment Mimicking Graves’ Disease. N Engl J Med. 2016;375(7):704-6. doi: 10.1056/NEJMc1602096.
  • Trambas CM, Sikaris KA, Lu ZX. More on Biotin Treatment Mimicking Graves’ Disease. N Engl J Med. 2016 Oct 27;375(17):1699. doi: 10.1056/NEJMc1611875.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.