Anvisa abre inscrições para programa nacional de capacitação em tecnovigilância

As aulas serão realizadas no Ambiente Virtual de Aprendizagem em Vigilância Sanitária da Anvisa sem limite de participantes.

Estão abertas as inscrições para o primeiro Programa Nacional de Capacitação e Qualificação em Tecnovigilância, que é oferecido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em parceria com a Aliança Brasileira da Indústria Inovadora em Saúde  (ABIIS), a Coalizão Interamericana de Convergência Regulatória e a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento (USAID). 

As aulas serão realizadas no Ambiente Virtual de Aprendizagem em Vigilância Sanitária da Anvisa sem limite de participantes. Será fornecido certificado de conclusão e conteúdo programático em três línguas: português, espanhol e inglês. Faça a sua inscrição gratuita clicando aqui. 

médicos e profissionais com pranchetas nas mãos aprendendo com cursos para Covid-19

Como acessar 

No AVA Visa, faça o seguinte caminho: 

Cursos > Todos os cursos > Profissional do setor regulado > Monitoramento, fiscalização e controle sanitário > Programa Nacional de Capacitação e Qualificação em Tecnovigilância. 

Em caso de dúvidas/dificuldades no acesso à plataforma, está disponível o endereço de e-mail [email protected]. 

Estrutura do conteúdo 

O conteúdo apresenta quatro módulos em formato de videoaulas: 

  • Estado da arte de monitoramento de dispositivos médicos; 
  • Sistemas de informação em tecnovigilância; 
  • Boas práticas de fabricação/distribuição e gerenciamento de risco na perspectiva da tecnovigilância; 
  • Desafios para tecnovigilância no contexto do desenvolvimento e uso de dispositivos médicos inovadores. 

Tecnovigilância 

Para o diretor executivo da ABIIS, José Márcio Cerqueira Gomes, a tecnovigilância é um tema que a maioria dos médicos e gestores ainda não tem um conhecimento relevante. “Considerando as ações pós-mercado, esse entendimento precisa ser agrupado em uma única realidade, para que os envolvidos não tenham que lidar com interpretações diferentes do mesmo assunto”, afirmou. 

O curso vai atender a indústria, profissionais de serviços (hospitais, clínicas, laboratórios), as vigilâncias sanitárias e a população em geral. “A Anvisa possui papel de destaque global e esse programa pode inspirar a realização de outros projetos de parcerias em outras partes do mundo”, acrescentou o diretor executivo da ABIIS. 

Segundo a gerente da Gerência-Geral de Monitoramento de Produtos Sujeitos à Vigilância Sanitária (GGMON), Suzie Marrie Teixeira Gomes, a cooperação visa disponibilizar cursos, treinamento e capacitações, com agentes renomados nacionalmente e vasta experiência em tecnovigilância, para harmonização e convergência das atividades, que são elementos fundamentais para ao processo do monitoramento. 

Já o vice-presidente da ABIIS, Bruno Boldrin Bezerra, destacou que a entidade trabalha, há 11 anos, junto à Anvisa e outros setores públicos para construir e produzir políticas públicas que atendam o paciente e a sociedade. 

“Temos cinco pilares, um deles é o Aprimoramento Institucional dos Reguladores, porque quanto mais capacitada a Anvisa (de pessoal, infraestrutura de tecnologia e regulamentos) melhor para todos. A ABIIS defende ainda a Regulação Inteligente, uma vez que a indústria produz inovações a todo tempo e o diálogo entre o setor privado e público é fundamental para que se consiga prover essas tecnologias de forma segura e inteligente para o paciente”, salientou Bezerra.

*Este artigo foi revisado pela equipe médica do Portal PEBMED

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe o Whitebook Tenha o melhor suporte
na sua tomada de decisão.
Referências bibliográficas: Ícone de seta para baixo

Especialidades