Categorias: Saúde Pública

Anvisa aprova novos medicamentos para tratamento do câncer

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minuto.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou recentemente quatro novos medicamentos para o tratamento de câncer: lenalidomida, durvalumabe, olaratumabe e netupitanto associado com palonosetrona. Cada fabricante ficará responsável pelo lançamento dos fármacos no mercado.

Indicações e características

Lenalidomida: é indicada, em combinação com a dexametasona, para o tratamento de pacientes com mieloma múltiplo refratário ou recidivado, que já tenham recebido, pelo menos, um tratamento anterior. Também é indicada para pacientes com anemia dependente de transfusões decorrentes de síndrome mielodisplásica. O fármaco foi registrado na forma de cápsulas nas concentrações de 2,5 mg, 5 mg, 10 mg e 25 mg. A Anvisa definiu regras específicas para o seu controle, pois o medicamento pode provocar malformação congênita grave.

Durvalumabe: aprovado para o tratamento de pacientes com carcinoma urotelial localmente avançado ou metastático, que tiveram progressão da doença durante ou após a quimioterapia à base de platina. Também é indicado para pacientes que tiveram progressão da doença em até 12 meses de tratamento neoadjuvante ou adjuvante com quimioterapia contendo platina.

Olaratumabe: novo produto biológico indicado para pacientes com sarcoma de tecido mole avançado, que não podem fazer radioterapia ou passar por cirurgia e que não foram previamente tratados com antraciclinas.

Netupitanto + palonosetrona: indicado para a prevenção de náuseas e vômitos agudos ou tardios em pacientes na quimioterapia.

Leia também: ‘Anvisa libera vacinação de pacientes em farmácias e drogarias’

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências:

Compartilhar
Publicado por
Vanessa Thees

Posts recentes

Osteoartrite do joelho: diagnóstico e tratamento [podcast]

Neste episódio, o Dr. Rafael Erthal vai falar sobre a osteoatrite do joelho. Entenda mais…

6 horas atrás

PICO: como formular uma pergunta clínica?

Saber como formular adequadamente uma pergunta clínica (PICO) é necessário para que a evidência encontrada…

6 horas atrás

Lombalgia crônica – avaliação para espondiloartrite [video]

No episódio de hoje, em parceria com a Medbolus, vamos falar sobre lombalgia crônica e…

7 horas atrás

Interpretação de exames laboratoriais: o que todo médico deve saber – Parte III

Abordamos ferramentas cognitivas indispensáveis para uma interpretação acurada de exames laboratoriais na prática clínica.

8 horas atrás

Manejo de via aérea difícil: confira os principais pontos da nova diretriz da ASA

A American Society of Anesthesiologists (ASA) publicou uma atualização Guideline de Manejo de Via Aérea…

9 horas atrás

A vacinação contra Covid-19 pode alterar o ciclo menstrual?

Um artigo publicado em uma revista especializada respondeu: Seria a vacinação contra Covid-19 um fator…

10 horas atrás