Coronavírus

Anvisa recebe pedido de uso emergencial de vacina contra Covid-19 da Sinopharm

Tempo de leitura: 2 min.

Nesta segunda-feira, 26, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu a solicitação de autorização temporária para uso emergencial para a vacina contra Covid-19 da Sinopharm. A empresa Blau Farmacêutica, que representa a vacina do laboratório chinês no Brasil, fez a solicitação.

A vacina da Sinopharm já teve seu pedido de uso emergencial aprovado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), se tornando uma das seis vacinas aprovadas para uso emergencial pelo órgão internacional. Os outros imunizantes são: Pfizer; AstraZeneca, Janssen, Moderna e a CoronaVac.

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas
Cadastrar Login

Análises da Anvisa

Segundo a agência, as primeiras 24 horas após o pedido serão utilizadas para fazer a triagem do processo, para verificar se os documentos necessários para análise estão disponíveis e de acordo com o solicitado. Caso haja falta ou inconsistência de informações, a Anvisa poderá solicitar as informações adicionais para a Sinopharm.

Após isso, será determinado o prazo para a agência julgar o pedido, sendo de 7 ou 30 dias. As primeiras 24 horas não são totalizadas no prazo de 7, nem no de 30 dias para avaliação.

A Anvisa reforça que uma equipe multidisciplinar é responsável pelas análises do pedido de uso emergencial, envolvendo especialistas das áreas de Registro, Monitoramento e Inspeção de Medicamentos. A equipe atua em todos os processos de avaliação de medicamentos e vacinas contra Covid-19.

Leia também: CoronaVac tem eficácia de 86% em prevenção de mortes em estudo de vida real

A vacina da Sinopharm

Assim como a CoronaVac, a vacina da Sinopharm também é inativada. Ela segue um cronograma de duas doses com um espaçamento de três a quatro semanas entre elas. A eficácia da vacina para a doença sintomática e hospitalizada foi estimada em 79%.

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências bibliográficas:

Compartilhar
Publicado por
Luciano Lucas

Posts recentes

Fatores de risco para câncer de mama avançado após 2 anos de mamografia negativa

A mamografia pode reduzir em 15% a 20% a mortalidade por câncer de mama, mas…

56 minutos atrás

Relação da disbiose e autismo [podcast]

Dolores Henriques e Paula Hartmann conversam sobre o que há na literatura sobre a relação da…

2 horas atrás

Pré-natal do parceiro: desafios e soluções

O pré-natal do parceiro é uma das formas de inclui-los na paternidade consciente e ativa,…

3 horas atrás

Anemia ferropriva: suplementação de ferro reduz transfusões e tempo de internação 

Estudos analisam a influência da suplementação pré-operatória de ferro sobre resultados cirúrgicos de pacientes com…

4 horas atrás

Avaliação da deficiência de ferro durante a gestação

A deficiência de ferro pode chegar a prevalência de 59% nas gestantes ao redor do…

22 horas atrás

Recomendações pré-concepcionais para paciente com diabetes (tipo 1 ou 2) da ADA

Além da atenção focada em alcançar metas glicêmicas e os cuidados pré-concepcionais de rotina devem…

1 dia atrás