Gastroenterologia

APP 2021: fibrossarcoma de reto com apresentação de constipação intestinal — relato de caso 

Tempo de leitura: 4 min.

A constipação intestinal é uma queixa frequente em pediatria, em sua maioria de caráter funcional. No geral, com orientações dietéticas e/ou medicações por via oral por um período determinado, a resolução do quadro acontece. No entanto, a presença de uma massa neoplásica no reto não costuma ser um achado comum em pediatria ou como causa recorrente de constipação intestinal. Uma equipe do Broward Health Medical Center, nos Estados Unidos, relataram um caso de uma criança com fibrossarcoma retal e apresentaram no AAP Experience 2021, congresso da American Academy of Pediatrics

Descrição do caso 

Menino de 4 anos, previamente hígido, apenas com histórico de constipação intermitente, sem acompanhamento médico regular, com tentativas caseiras de tratamento. Associado a esse quadro, apresentava dor abdominal contínua, com piora progressiva, com despertares noturnos para tentar evacuar, sem êxito. 

Na manhã do dia em que o paciente procurou o departamento de emergência, ele tentou evacuar novamente e um familiar notou a presença de uma massa visivelmente presa em seu reto, apresentando nessa ocasião hematoquezia. 

Já no pronto socorro,  foi submetido a exames de imagem que evidenciaram uma massa de tecido mole próximo ao reto, bem como distensão aérea difusa inespecífica do cólon. Sem história de febres, viagens recentes, suores noturnos, contatos com doenças, fadiga significativa ou perda de peso. Logo foi transferido da emergência para a sala de cirurgia, onde foi submetido a uma ressecção transanal da massa. Necessitando de transfusão intraoperatória devido à sua anemia grave. Um tumor retal necrótico prolapso de 10 cm com margens excisadas foi removido e enviado ao patologia para avaliação posterior. Outras imagens confirmaram que o paciente não apresentava metástases em todo o tórax, abdômen e pelve. Dois meses depois do procedimento cirúrgico, o acompanhamento através de ressonância magnética da pelve sem contraste confirmou a ausência de crescimento de massa. 

Peça anatomopatológica do tumor retal com cerca  10 cm – Reprodução AAP Experience 2021.

Discussão e conclusão

O fibrossarcoma infantil é um tumor de crescimento rápido, geralmente com um bom prognóstico, visto que raramente metastatiza. A queixa principal raramente é a constipação intestinal progressiva resultante de uma grande massa retal. Os fibrossarcomas na infância são mais comumente encontrados nas extremidades e raramente se manifestam por via retal. Assim, fica um alerta para os quadro de constipação intermitente e/ou refratária, sendo o exame físico imprescindível para o diagnóstico precoce e tratamento imediato.  

Estamos acompanhando o congresso da AAP 2021. Fique ligado no Portal PEBMED!

Mais do AAP Experience 2021:

Autor(a):

Referências bibliográficas: 

Compartilhar
Publicado por
Jôbert Neves

Posts recentes

Blog do Nurse: Bloco de Enfermagem Cirúrgica ganha atualização!

Nursebook recebeu atualizações no Bloco de Enfermagem Cirúrgica entre outras. Confira a lista completa!

11 horas atrás

Anemia megaloblástica na gestação – Parte 2

Segunda parte do artigo sobre anemia megaloblástica, a segunda principal causa de anemia durante a…

14 horas atrás

10 mitos relacionados ao diagnóstico e tratamento das infecções do trato urinário – Parte I

Confira 10 mitos relacionados ao diagnóstico e tratamento das infecções do trato urinário e os…

16 horas atrás

Glicocorticoide em pacientes com angiopatia amiloide cerebral

Embora a terapia com glicocorticoides seja mais frequentemente usada nesse cenário, tratamentos imunossupressores também têm…

17 horas atrás

Vírus respiratórios: quais são eles?

É extremamente importante estar atento a outras possibilidades de vírus respiratórios que não o SARS-CoV-2,…

17 horas atrás

Microbioma pulmonar: a importância da flora bacteriana nos pulmões

Estudos recentes mostram que o microbioma pulmonar pode ser mais semelhante ao microbioma gástrico quando…

19 horas atrás