Artrodese do joelho para infecção de prótese, uma solução com bons resultados?

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

A artrodese do joelho é um procedimento que promove fusão da articulação. Apesar de eliminar a mobilidade, garante melhora da dor local. Com o desenvolvimento das técnicas modernas de artroplastia, este procedimento vem sendo pouco utilizando para o tratamento primário da artrose do joelho, embora ainda tenha indicação para alguns pacientes selecionados.

Por outro lado , a artrodese do joelho se tornou uma cirurgia útil para o tratamento de complicações infecciosas das artroplastias de joelho, especialmente quando revisão com um novo implante não é possível. São procedimentos de salvação utilizadas em pacientes com condições de pele ruins, incompetência do mecanismo extensor mas que ainda mantém bom estoque ósseo possibilitando a consolidação. Representam uma alternativa à amputação, e quando bem sucedidas podem propiciar um membro funcional permitindo a deambulação sem dor.

Leia também: Whitebook: Como diagnosticar a osteonecrose espontânea de joelho?

Rrepresentação gráfica de paciente que passará por artrodese do joelho

Estudo recente

Poucos estudos investigam os resultados da artrodese de joelho após infecções periprotéticas. Recentemente um estudo publicado na revista The Journal of Arthroplasty reporta o resultado de uma série de casos de 51 pacientes submetidos a artrodese para tratamento de infecção após prótese do joelho.

Trata-se de um estudo retrospectivo de 51 casos operados entre 2000 e 2016 por um mesmo cirurgião, incluindo pacientes com pelo menos 2 anos de seguimento pós-operatório . O procedimento foi realizado em dois estágios, sendo primeiro realizada retirada dos implantes e posicionado um espaçador; em segundo procedimento foi realizada a artrodese com haste intramedular (47), placas (3) ou fixador externo (1). Dados demográficos dos pacientes, comorbidades, história cirúrgica, dados radiográficos e resultados do tratamento foram registrados.

Resultados

A infecção foi controlada com sucesso em 48 dos 51 pacientes (94,1%). Dos casos bem sucedidos, metade precisou de outra abordagem cirúrgica após a artrodese. Falha de consolidação, consolidação viciosa ou retardo de consolidação foi observada em 10 pacientes (19,6%).

Dos 48 pacientes que foram tratados com sucesso com artrodese, 41 (85,4%) mantiveram-se deambuladores, 9 deles (18,8%) não necessitando de muletas. Três pacientes (5,9%) precisaram de amputação após a artrodese, sendo esta taxa considerada baixa.

Saiba mais: A penetração da lâmina de serra durante a artroplastia total do joelho é perigosa?

O estudo apresenta algumas limitações. O tamanho da amostra e sua heterogeneidade incluindo pacientes submetidos a artrodese com placa, fixador e haste limita algumas interpretações de resultados. Além disso, este estudo foi limitado a um único cirurgião em um mesmo centro de tratamento.

O estudo conclui que a artrodese é útil para controle da infecção e apresenta altas taxas de sucesso. O índice de falha com amputação foi baixo nessa série relatada.

Autor(a):

Referências bibliográficas:

  • Yeung CM, Lichstein PM, Varady NH, Maguire JH, Chen AF, Estok DM 2nd. Knee Arthrodesis Is a Durable Option for the Salvage of Infected Total Knee Arthroplasty. J Arthroplasty. 2020 Nov. doi: 10.1016/j.arth.2020.06.034

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar