Aumento no número de morte súbita em casa pode ter relação com a Covid-19?

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

A pandemia pela Covid-19 certamente tem desestruturado diversos setores da sociedade. O sistema de saúde vem sendo diretamente afetado, uma vez que acaba sendo sobrecarregado com um número de pacientes que até então não estariam sofrendo enfermidades em condições normais.

Entretanto, diversas outras doenças continuam ocorrendo em paralelo a pandemia de Covid-19 e observar seu comportamento nesse contexto é fundamental para tomar medidas de prevenção e tratamento mesmo em um período caótico.

idoso com a mão no coração antes de sofrer morte súbita relacionada a covid-19

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas

Morte súbita e Covid-19

Pesquisadores franceses decidiram comparar o número morte súbita fora do hospital (MSFH) durante o período de pandemia com outros períodos sem pandemia. O local estudado foi Paris e o subúrbio, e as informações retiradas dos arquivos da brigada de incêndio, que cuida desses casos por lá. Importante frisar que o estudo foi observacional.

Os dados foram impressionantes! Foi comparado um período de seis semanas de pandemia com períodos semelhantes em anos sem pandemia desde 2011. O resultado foi o dobro de MSFH no período de pandemia subindo de 13,42 por milhão de habitantes para 26,64 eventos por milhão de habitantes (p<0·0001), além disso a taxa de pacientes com MSFH que chegavam com vida no hospital caiu de 22,8% para 12,8% (p<0·0001).

Veja também: Simpósio Brasileiro de Covid-19: quando esperar arritmias na Covid-19?

Dados demográficos como idade e sexo não diferiram entre os períodos, mas foram observados mais eventos em casa, com uma menor taxa de ressuscitação cardiopulmonar e um maior tempo de espera até o socorro.

A infecção por Covid-19 foi suspeitada ou confirmada em um terço dos casos.

Conclusões

Ainda que esse aumento na MSFH possa ser atribuído diretamente à infecção por Covid-19, efeitos da quarentena, do distanciamento social e da readequação do sistema de saúde devem ser levados em consideração, o que leva a crer que esses fatores devem ser levados em conta durante a elaboração de estratégias de saúde para redução da mortalidade.

No Whitebook você encontra a conduta completa de ressuscitação cardiopulmonar, além de conteúdos liberados durante a pandemia sobre acompanhamento de paciente com Covid-19 por ECG.

Autor:

Referências bibliográficas:

  • Marijon, Eloi et al. Out-of-hospital cardiac arrest during the COVID-19 pandemic in Paris, France: a population-based, observational study. The Lancet, May 27, 2020

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar