Gabriel Quintino Lopes

Sou médico clínico geral e cardiologista, atualmente atuando na área de terapia intensiva, ambulatorial, assistência em enfermaria e coordenação médica. Trabalho no Hospitais Santa Casa em Barra Mansa e na Unidade Cardiointensiva do Hospital São Lucas em Copacabana.

O que preciso saber de novo sobre choque cardiogênico?

O choque cardiogênico é o resultado de um baixo débito cardíaco levando a uma hipoperfusão tecidual, falência de múltiplos órgãos…

Testes não invasivos precoces são realmente necessários em pacientes com angina instável?

As principais diretrizes pelo mundo orientam testes funcionais não invasivos em pacientes com angina instável precocemente (em até 72 horas).

O que é importante saber em relação às novas diretrizes sobre o manejo de TVP e TEP

A Sociedade Americana de Hematologia lançou, recentemente, novas diretrizes de manejo de tromboembolismo pulmonar (TEP) e TVP.

Em populações especiais, devemos fazer dose reduzida de prasugrel?

O prasugrel mostrou ser mais potente que o clopidogrel, entretanto o risco de sangramento com essa droga é maior.

Comparação entre dapaglifozina e empaglifozina no tratamento da insuficiência cardíaca

Os inibidores SGLT2 vêm provando sua segurança e eficácia no tratamento da insuficiência cardíaca (IC), bem como em outras situações.

Mortalidade relacionada a dosagens errôneas de anticoagulantes diretos

Anticoagulantes diretos se provaram seguros e cômodos quando há necessidade de anticoagulação em relação aos antagonistas da vitamina K.

ESC 2020: Dapaglifozina pode reduzir desfechos renais em pacientes com doença renal crônica?

A dapaglifozina foi testada em pacientes diabéticos e não diabéticos para avaliar eventos renais e cardiovasculares no estudo DAPA-CKD.

ESC 2020: Edoxabana é eficaz para prevenção de AVC naqueles com FA e alto risco de sangramento?

Pacientes idosos merecem atenção especial, principalmente quando se trata de acidentes vasculares encefálicos (AVC) em pacientes FA.

ESC 2020: Nova droga para o tratamento da cardiomiopatia hipertrófica

A cardiomiopatia hipertrófica (CMH) é uma doença de cunho genético que promove uma hipertrofia ventricular desproporcional.

ESC 2020: Empaglifozina pode reduzir mortalidade e hospitalização por insuficiência cardíaca?

Os inibidores SGLT2, inicialmente criados para tratar diabetes, mostraram recentemente seu valor no tratamento da insuficiência cardíaca.