Gabriel Quintino Lopes

Sou médico clínico geral e cardiologista, atualmente atuando na área de terapia intensiva, ambulatorial, assistência em enfermaria e coordenação médica. Trabalho no Hospitais Santa Casa em Barra Mansa e na Unidade Cardiointensiva do Hospital São Lucas em Copacabana.

Cardiomiopatia hipertrófica: veja os principais pontos da diretriz norte-americana

Em dezembro de 2020, foi publicada uma diretriz da ACC junto da AHA sobre o diagnóstico e tratamento da cardiomiopatia hipertrófica (CMH).

Devemos transfundir ou não pacientes com anemia e IAM?

A estratégia transfusional no infarto agudo do miocárdio (IAM) em pacientes com anemia é incerta, apesar da recomendação da literatura.

Qual o tempo ideal para uma cirurgia eletiva após a infecção pela Covid-19?

Um tempo entre a infecção por Covid-19 e a realização de cirurgia eletiva deve ser estipulado, devido ao risco de morrer por complicações.

Diretrizes brasileiras sobre angina instável e IAM sem supradesnível do segmento ST

Diretrizes sobre Angina Instável e Infarto Agudo do Miocárdio sem Supradesnível do Segmento ST – 2021 da Sociedade Brasileira de Cardiologia.

Caso clínico: RN com 2 dias de vida apresenta parada cardíaca

RN com 2 dias de vida, prematuro de 32 semanas, gemelar, com dieta trófica + NPT em cpap nasal apresenta parada cardíaca.

Ressonância cardíaca em pacientes recuperados da Covid-19

A incidência de miocardite em exames complementares como a ressonância magnética, em pacientes com Covid-19, tem sido mais expressiva.

Dabigatrana ou aspirina em pacientes pós-AVC por forame oval patente?

Foi realizada uma análise de subgrupo do estudo RE-SPECT ESUS que foi randomizado para receber aspirina e dabigatrana em pacientes com AVC.

Recomendações para o screening de pacientes com lesão de carótidas assintomáticos

O screening para lesões de carótidas não causa dano diretamente, entretanto os exames confirmatórios podem causar de danos leves a moderados.

Exposição à poluição do ar aumenta as chances de infarto do miocárdio?

Já existem estudos associando a poluição atmosférica como fator causal para o aumento de casos de infarto agudo do miocárdio.

Efeitos cardiovasculares dos opioides e estratégias para reduzi-los

O abuso de opioides gera mortes não intencionais, pelo efeito depressor do sistema respiratório e também por eventos cardiovasculares.

Entrar | Cadastrar