Guilherme Grossi Cançado

Residência médica em Clínica Médica e Gastroenterologia pelo HC-UFMG ⦁ Mestrado em saúde do adulto com ênfase em Gastroenterologia pela Faculdade de Medicina da UFMG ⦁ Chefe da Gastrohepatologia do Hospital da Polícia Militar de Minas Gerais ⦁ Preceptor de hepatologia e clínica médica do HC-UFMG ⦁ Conteudista do Whitebook - área de Gastroenterologia e Hepatologia ⦁ Membro da AASLD, SBH, GEDIIB.

Avaliação gastrointestinal no paciente com anemia ferropriva

A anemia ferropriva é a anemia mais comum no mundo, entre os fatores associados estão baixa ingestão de ferro, má absorção e perda de sangue.

10 tópicos que os gastroenterologistas deveriam saber antes de indicar a cirurgia antirrefluxo

Recentemente, pesquisadores elencaram 10 tópicos que todos os gastroenterologistas deveriam saber antes de considerar a cirurgia antirrefluxo.

O que diz a nova diretriz de supercrescimento bacteriano do intestino delgado (SCBID)?

O supercrescimento bacteriano do intestino delgado (SCBID) é definido pelo excesso de bactérias, o que leva a sintomas gastrointestinais.

Recomendações para uso de probióticos em patologias gastrointestinais

Probióticos são definidos pela OMS como microrganismos vivos que administrados de forma apropriadas conferem benefícios gastrointestinais.

Quiz especial: quais tipos de hepatites virais podem estar relacionadas ao caso?

28 de julho é comemorado o Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais, por isso, preparamos um quiz especial. Veja o caso e teste seus conhecimentos!

Doença hepática gordurosa associada a disfunção metabólica: mudança de terminologia

Recentemente, um grupo de especialistas de 22 países se reuniram para propor uma nova nomenclatura para doença hepática gordurosa não alcoólica.

Qual a prevalência de sintomas gastrointestinais em pacientes com Covid-19?

A Covid-19 apresenta grande espectro de gravidade, sendo tipicamente caracterizada por febre, tosse, fadiga, anosmia, dispneia e sintomas gastrointestinais.

A prevenção de pancreatite aguda grave por inibidor de COX-2 é eficaz?

Estudo publicado na American College of Gastroenterology buscou descobrir a eficácia da prevenção da pancreatite aguda grave através de inibidor de COX-2.

Injúria hepática associada a doença grave por Covid-19  

Injúria hepática associada à Covid-19 é definida por qualquer uma ocorrida durante o período de infecção em pacientes com ou sem doença pré-existente.

Como, quando e por que medir amônia no paciente cirrótico?

Amonemia aumenta no paciente cirrótico devido a certos fatores. É possível que a amônia tenha papel importante na fisiopatologia da encefalopatia hepática.