Leia mais:
Leia mais:
Como identificar 16 doenças que se manifestam pela boca
Whitebook: anemia por deficiência de ferro
Devemos transfundir ou não pacientes com anemia e IAM?
Anemia megaloblástica e suas alterações morfológicas
Quiz: idosa de 70 anos chega à emergência com dor abdominal. O que ela tem?

Avaliação da deficiência de ferro durante a gestação

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

A anemia ferropriva (AF) durante a gestação está associada a desfechos desfavoráveis tanto para a gestante quanto para o feto (TEICHMAN, 2021). Mesmo assim, não solicitamos ferritina de rotina durante o pré-natal para avaliar a deficiência de ferro (DF) durante a gestação (TEICHMAN, 2021. SOGESP, 2013). De acordo com Pallone (2020), as deficiências nutricionais durante o período gestacional têm o potencial de prejudicar a cognição, o comportamento e a produtividade nos anos escolares e na vida adulta, principalmente a deficiência de ferro. A deficiência de ferro pode chegar a prevalência de 59% nas gestantes ao redor do mundo (PALLONE, 2020), sendo a principal causa de anemia durante a gestação (TEICHMAN, 2021). 

Saiba mais: Atualização 2021 do consenso de anemia ferropriva da SBP: como prevenir?

deficiência de ferro

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas

Estudo sobre deficiência de ferro

Em agosto de 2021 foi publicado um estudo retrospectivo de coorte, realizado através da coleta de exames laboratoriais de gestantes entre 13 e 54 anos, no período de janeiro de 2013 a junho de 2018, no Canadá. O objetivo principal do estudo era verificar a prevalência de solicitação de ferritina em Ontário. Já o objetivo secundário, mas não menos importante, era de analisar a severidade e a prevalência de deficiência de ferro durante a gestação, além de avaliar dados clínicos e demográficos que aumentem o risco de deficiência de ferro e anemia ferropriva.

Segundo Teichman (2021), a DF afeta mais da metade das gestantes e apesar disso, 40% das gestantes não colhem ferritina para avaliação dessa deficiência que pode levar a complicações severas em 25% dessas gestantes. Outro dado importante deste estudo é algo conhecido por nós brasileiros, as gestantes com níveis sociais mais baixos tiveram maior incidência de DF e AF.

Leia também: Deficiência de ferro sem anemia: é possível?

Por isso, precisamos repensar os exames laboratoriais solicitados de rotina durante o pré-natal, para melhorar a triagem das pacientes com risco de AF devido deficiência de ferro. A última orientação feita pela Organização Paulista de Ginecologia e Obstetrícia (SOGESP) em relação aos exames laboratoriais de rotina realizados no pré-natal foi em 2013. E tanto a SOGESP, quanto a Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO) orientam apenas a suplementação de sulfato ferroso e utilização de dose terapêutica (três vezes ao dia) quando os níveis de hemoglobina estiverem menores que 11,0. Precisamos de mais estudos e o desenvolvimento de protocolos que possam triar as gestantes com o exame de ferritina antes da anemia ferropriva estar instalada, de modo a diminuir a morbimortalidade devido a DF, tanto materna, quanto fetal.

Autora:

Referências bibliográficas:

  • Jennifer Teichman, Rosane Nisenbaum, Andrea Lausman, Michelle Sholzberg; Suboptimal iron deficiency screening in pregnancy and the impact of socioeconomic status in a high-resource setting. Blood Adv 2021; bloodadvances.2021004352. doi: https://doi.org/10.1182/bloodadvances.2021004352
  • Pallone LV, Jesus FA, Gonçalves GA, Navarra LC, Melo DG, Ferreira RA, et al. Effects of intrauterine latent irondeficiency on auditory neural maturation in full-term newborns. J Pediatr (Rio J). 2020;96:202—9. doi: https://doi.org/10.1016/j.jped.2018.08.007
  • Recomendações SOGESP: Rotina laboratorial básica ideal no pré-natal (Ideal basic laboratory routine in prenatal care). 2013/Tema 10. 

 

 

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar