Pebmed - Notícias e Atualizações em Medicina
Cadastre-se grátis
Home / Clínica Médica / AVC relacionado ao câncer ou como uma entidade isolada?
Modelo de representação de um cérebro humano capaz de sofrer tanto com câncer como de um AVC.

AVC relacionado ao câncer ou como uma entidade isolada?

Esse conteúdo é exclusivo para
usuários do Portal PEBMED.

Tenha acesso ilimitado a todos os artigos, quizzes e casos clínicos do Portal PEBMED.

Faça seu login ou inscreva-se gratuitamente!

Segundo a Word Health Organization (WHO), doenças não transmissíveis, como doenças cardiovasculares e câncer, estão entre as dez principais causas de morte no mundo.

A doença cerebrovascular ocorre geralmente em pacientes com câncer, e esta associação tem sido relatado na literatura.

cadastro portal

Relação entre AVC e câncer

O acidente vascular encefálico (AVC) causa incapacidade grave para pacientes com câncer, enquanto o câncer aumenta o risco de AVC. Em média, até 10% dos pacientes com AVC isquêmico, apresentam câncer como comorbidade.

Estudos mostraram que o risco de AVC isquêmico aumentou durante os primeiros meses (até 1 ano) após o diagnóstico de câncer. O risco aumentado de eventos tromboembólicos arteriais começa 5 meses antes do diagnóstico e atinge o pico 1 mês antes do diagnóstico.

Os mecanismos fisiopatológicos desta associação (câncer-AVC) não é totalmente conhecido, mas incluem coagulopatias, bem como disfunção endotelial e anormalidades de fluxo nos vasos sanguíneos comprometidos. O câncer também pode levar a endocardite não bacteriana, anemia, compressão mecânica de vasos, embolia tumoral e trombose venosa cerebral.

Estima-se que um em cada sete a oito pacientes com AVC isquêmico tenha câncer conhecido ou oculto, e que em 40% deles, a coagulopatia relacionada ao câncer é o mecanismo do AVC.

Complicações

Importante ressaltar que o câncer em atividade pode contribuir para a deterioração neurológica precoce, maior mortalidade hospitalar pós-AVC, risco substancial a curto prazo de recorrência de AVC e outros eventos tromboembólicos.

Eles compartilham fatores de risco (como tabagismo e obesidade) e o tratamento do câncer pode aumentar o risco de AVC (por exemplo, aterosclerose acelerada após a radioterapia), além disso pode acelerar os mecanismos convencionais de AVC (aterosclerose, doença de pequenos vasos e trombo cardíaco).

Leia também: Doença de Parkinson e Covid-19: o que se sabe até agora?

Os cânceres relacionados ao tabagismo estão particularmente associados ao aumento do risco de AVC, mas outras neoplasias, como linfoma e câncer primário do sistema nervoso central, também podem estar associados.          Em pacientes com AVC de causa desconhecida, você deve estar particularmente ciente dos cânceres de pulmão, pâncreas, mama, estômago e cólon, pois é mais provável que estejam associados ao AVC.

Em relação ao subtipo etiológico, o criptogênico, especialmente em pacientes idosos, talvez com um padrão embólico (a neuroimagem pode mostrar múltiplas lesões em vários territórios arteriais), deve levantar a suspeita de câncer oculto como uma possível etiologia subjacente.

O que fazer?

Ao tratar pacientes com AVC isquêmico relacionado ao câncer, a pergunta mais frequente diz respeito à terapia antitrombótica ideal. Embora a anticoagulação, especialmente as heparinas de baixo peso molecular e, mais recentemente, os novos anticoagulantes orais (NOACs) tenham sido recomendados para prevenção secundária, mesmo assim, apenas alguns estudos abordaram a questão da superioridade, por exemplo, de anticoagulante oral direto em comparação com antiplaquetários e são necessários grandes estudos randomizados prospectivos.

A associação entre câncer em atividade e AVC deve ser lembrada, especialmente no criptogênico com padrão embólico.

Autor(a):

Referências bibliográficas:

  • Navi BB, Iadecola C. Ischemic stroke in cancer patients: A review of an underappreciated pathology. Ann Neurol 2018;83:873-883.
  • Nam KW, Kim CK, Kim TJ, An SJ, Oh K, Mo H, et al. Predictors of 30-day mortality and the risk of recurrent systemic thromboembolism in cancer patients suffering acute ischemic stroke. PLoS One 2017;12:e0172793.
  • Oh Young BangJong-Won Chung,Mi Ji Lee et al. Cancer-Related Stroke: An Emerging Subtype of Ischemic Stroke with Unique Pathomechanisms. Journal of Stroke 2020;22(1):1-10.Published online: January 31, 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×

Adicione o Portal PEBMED à tela inicial do seu celular: Clique em Salvar na Home Salvar na Home e "adicionar à tela de início".

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.