Leia mais:
Leia mais:
Cannabis como terapia adjuvante para pacientes com câncer de cabeça e pescoço
Uso de maconha tem impacto no risco de sangramento pós-angioplastia?
Uso de cannabis por adolescentes: um estudo sobre seu impacto no neurodesenvolvimento
Metade das brasileiras reclama do descaso dos médicos em relação à dor
Qual a consequência neurocomportamental das crianças que foram expostas à nicotina e cannabis durante a gestação?

Cannabis para dor neuropática

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

A dor neuropática é definida como uma dor causada pela lesão ou doença do sistema nervoso somatosensitivo. Seu tratamento continua sendo um desafio para especialistas, já que os agentes farmacológicos conhecidos e utilizados apresentam ineficiência analgésica, fenômeno de tolerância ou contraindicações devido a comorbidades do paciente. 

A lesão inicial no sistema nervoso central ou periférico que leva à dor neuropática pode ser causada por vários insultos, incluindo trauma (hérnia de disco, compressão por tumor), exposição a toxinas (quimioterapia, álcool), infecção (HIV, herpes zoster), anormalidades metabólicas (diabetes, deficiências de vitaminas) e ativação anormal do sistema imunológico (esclerose múltipla). 

Leia também: Dor neuropática: caracterização e manejo

A inflamação que ocorre após a lesão, expõe o nervo a diversas citocinas inflamatórias, que através da maior expressão de canais de Na e Ca, levam a uma diminuição do limiar de excitabilidade, fazendo com que o nervo dispare estímulos dolorosos mesmo na ausência de um estímulo conhecido, promovendo sensibilização periférica. Ao mesmo tempo, a lesão nervosa periférica e a inflamação ativam células da glia dentro da medula espinhal, promovendo sensibilização central, inibindo a via modulatória descendente e contribuindo para a manutenção da dor.

Cannabis para dor neuropática

Cannabis medicinal

O uso da cannabis para fins medicinais datam há mais de 5.000 anos. O sistema canabinoide, descoberto na última metade do século XX foi palco de diversos estudos que sugerem benefício do uso da cannabis, inclusive com NNT (número necessário para tratar) semelhante aos fármacos convencionais e com menos efeitos adversos, para o tratamento da dor neuropática. O sistema canabinoide é composto basicamente de receptores CB1 – localizados no SNC, SNP e órgãos – e receptores CB2, com maior ação no sistema imune.

Alguns desses estudos foram realizados com a cannabis inalada, seja através de cigarros ou através de um novo dispositivo que vaporiza a planta. Esse dispositivo aquece o material a uma temperatura que libera os canabinoides ativos sem produzir compostos prejudiciais associados com a combustão do carbono.

Saiba mais: Anvisa aprova mais um produto medicinal à base de Cannabis

Outros estudos, realizados na Europa comparando os extratos de THC (delta-9 tetrahidrocanabinol), CBD (canabidiol) e THC: CBD (1: 1) com placebo demonstraram reduções significativas nos escores médios de gravidade da dor e melhora nas medidas do sono em pacientes com dor neuropática devido a várias etiologias, incluindo esclerose múltipla, lesão de medula espinhal, lesão de plexo braquial, neuralgia pós-herpética e síndrome de dor complexa regional. Os efeitos adversos mais comuns foram problemas gastrointestinais e tonturas, autolimitados e resolvidos com a descontinuação da medicação.

Cannabis e dor neuropática

A dor neuropática é difícil de tratar e os efeitos adversos costumam limitar muitas opções farmacêuticas. Pesquisas conduzidas nas últimas duas décadas demonstraram eficácia da cannabis medicinal comparável às terapias atuais para o tratamento da dor neuropática. Esses dados são limitados por pequenos tamanhos de amostra e estudos de curta duração, mas parecem apoiar a segurança e a tolerabilidade da vaporização da cannabis e da distribuição pela mucosa oral. Mais estudos são necessários para avaliar os resultados funcionais, além de escores de dor, tolerabilidade a longo prazo, dosagem ideal e vias alternativas de administração e fornecer educação e orientação para médicos.

Quer segurança na hora da decisão clínica? A Med Friday do Whitebook é a oportunidade de você dar um grande passo em sua carreira! Assine com desconto o aplicativo médico que tem todas as respostas que você precisa, a um toque de distância!

Referências bibliográficas:

  • Lee G, Grovey B, Furnish T, Wallace M. Medical Cannabis for Neuropathic Pain. Curr Pain Headache Rep. 2018 Feb 1;22(1):8. doi: 10.1007/s11916-018-0658-8.
Autor(a):

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades
Referências bibliográficas:

    O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

    Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.