Pebmed - Notícias e Atualizações em Medicina
Cadastre-se grátis
Home / Nefrologia / Carne vermelha ligada a risco de Insuficiência Renal

Carne vermelha ligada a risco de Insuficiência Renal

Acesse para ver o conteúdo

Inscreva-se gratuitamente para acessar esse conteúdo e muito mais no Portal PEBMED!

Tenha acesso ilimitado a quizzes, casos clínicos, novos estudos e diretrizes atualizadas.

Preencha os dados abaixo para completar seu cadastro.

Ao clicar em inscreva-se, você concorda em receber notícias e novidades da medicina por e-mail. Pensando no seu bem estar, a PEBMED se compromete a não usar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Inscreva-se ou

Seja bem vindo

Voltar para o portal

250-BANNER5Um estudo feito em Cingapura com mais de 60 mil adultos indica que comer carne vermelha aumenta o risco para a doença renal e, eventualmente, insuficiência renal. Os pesquisadores também descobriram que substituir carne vermelha por outras proteínas – frango, peixe, ovos ou fontes vegetais – pode reduzir drasticamente esse risco.

As diretrizes atuais recomendam restringir a ingestão de proteína na dieta de pacientes com doença renal crônica avançada, para ajudar a reduzir os sintomas e a progressão da doença. No entanto, não se sabe se a proteína (carne, em particular) contribui para o risco de desenvolver doença renal.

Os pesquisadores examinaram dados de mais de 60 mil adultos que vivem em Cingapura e participaram de um estudo de saúde a longo prazo. Eles agruparam os participantes de acordo com a quantidade de proteína ingerida e, após 15 anos de acompanhamento, descobriram que cerca de mil pessoas haviam desenvolvido insuficiência renal. Os participantes que comeram maiores quantidades de carne vermelha tinham cerca de 40% mais risco de desenvolver insuficiência renal, em comparação com pessoas que consumiram menores quantidades de carne.

No entanto, os cientistas não encontraram qualquer associação entre a saúde renal e ingestão de aves, peixes, ovos, produtos lácteos ou legumes. Na verdade, eles calcularam que substituir carne vermelha por outra fonte de proteína reduziu o risco de insuficiência renal em até 62%.

Médicos acreditam que o dano renal se deve ao fato de que os rins são responsáveis por remover o ácido adicional consumido a partir da proteína da carne, portanto, cria uma maior carga de trabalho para os rins.

500x120

Os pesquisadores alertam que não é necessário evitar a carne vermelha completamente, mas os estudos indicam que é melhor não fazer da carne o único item da dieta nas refeições ou como a principal fonte de proteína.

O estudo ainda não comprova que carne vermelha causa doença renal, mas os autores seguem investigando para confirmar os resultados e investigar como as substâncias químicas presentes na proteína podem agravar a progressão da doença renal crônica.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique Aqui!

Referências:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×

Adicione o Portal PEBMED à tela inicial do seu celular: Clique em Salvar na Home Salvar na Home e "adicionar à tela de início".

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.