Enfermagem

Caso clínico de uma consulta pediátrica: diagnósticos de enfermagem

Tempo de leitura: 2 min.

No dia 23 de abril comemora-se o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial. Nesse contexto, no ano passado apresentamos uma reflexão em tempos de pandemia, bem como discutimos alguns fatores de risco como a obesidade infantil. Diante da temática e de sua importância para consolidar ações de prevenção à hipertensão arterial infantil, consideramos fundamental refletir sobre esse contexto na prática profissional durante uma consulta de enfermagem pediátrica.

S.N.V, 6 anos, sexo feminino, compareceu a consulta pediátrica acompanhada da sua mãe. Durante o exame físico, a enfermeira identificou IMC 30 e percentil acima de 95, identificando uma obesidade grau 1. A mãe relatou que a menina ganhou peso no último ano, devido a pandemia da covid-19. Ao ser questionada sobre os hábitos de vida e alimentação do último ano, a mãe disse que devido a “correria” do dia a dia precisou incluir alimentos industrializados e mais práticos na alimentação. Informou, também, que trabalhou em home office e precisou dividir a atenção entre a filha e seu trabalho. Nesse contexto, diversas vezes oferecia achocolatados, iogurtes, bolinhos industrializados, refrigerante e biscoitos. A mãe muito chorosa falou que não possui rede de apoio e que é mãe solo, nesse sentido, foi um ano difícil e que utilizou de recursos práticos para manter a filha alimentada e com entretenimento. Além da alimentação, utilizou recursos audiovisuais como celulares, desenhos e filmes para mantê-la  quieta durante o seu período de reuniões. Na consulta também foi realizada a avaliação da pressão arterial com valor igual a 120×80 mmHg. A enfermeira perguntou sobre histórico familiar de hipertensão e a mãe disse que tanto ela quanto o pai da criança possuem hipertensão, bem como obesidade.

Diante dos fatos, quais os diagnósticos de enfermagem podem ser identificados?

A)   Pressão arterial elevada; IMC elevado; Estilo de vida sedentário e Alimentação com déficit de carboidrato.
B)   Pressão arterial elevada; IMC elevado, Estilo de vida sedentário e nutrição desequilibrada.
C)   Pressão arterial dentro do valor de normalidade; Obesidade; Estilo de vida sedentário e Alimentação deficiente.
D)   Pressão arterial dentro do valor de normalidade; Sobrepeso; Estilo de vida sedentário e Grau de conhecimento da família deficiente.

Resposta: B

Considera-se pressão arterial elevada em crianças valores maiores ou iguais ao percentil 90, de acordo com sexo, idade e altura.

Além disso, como descrito no exame físico, a criança apresentava índice de massa corporal elevado de acordo com seu peso e altura, sugerindo uma Obesidade Grau 1. O risco para hipertensão e obesidade estão associados ao estilo de vida sedentário da criança, com ausência de atividades físicas e excesso de exposição às telas. A anamnese durante a consulta revelou a ingesta de uma alimentação pobre em frutas, legumes e verduras, bem como o excesso de alimentos com alto teor de açúcares. Dessa maneira, a nutrição desequilibrada também é um diagnóstico de enfermagem nesse caso.

Veja mais no App Nursebook, com os conteúdos de Hipertensão Arterial e a sua prescrição.

Autores:

Nathalia Schuengue: Enfermeira pediatra pelo Instituto Fernandes Figueira • Mestre em saúde da criança pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Mariana Marins: Enfermeira, especialista em saúde da família. Mestre em educação pela Universidade Federal Fluminense. Experiência na gestão de unidade básica de saúde no Município do Rio de Janeiro e atualmente Gestora em Saúde no Município de Maricá.

Compartilhar
Publicado por
Colunista

Posts recentes

Whitebook – Doença da Arranhadura do Gato (DAG)

A DAG é desenvolvida pelo contato da pele humana com as unhas ou a língua…

1 dia atrás

Vaginose bacteriana: como identificar e abordar essa condição?

A vaginose bacteriana (VB) é a causa mais comum de corrimento vaginal em mulheres na…

2 dias atrás

Mais de 30 conteúdos novos no Whitebook; confira

Esta semana, o Whitebook ganhou 33 conteúdos novos. Além disso, 170 foram atualizados. Veja os…

2 dias atrás

Explorando emoções e percepções do paciente

Na terceira publicação da série Comunicação Médica, abordamos a importância da valorização das emoções na…

2 dias atrás

Informe-se sobre o piso salarial da enfermagem

A lei 14.434 institui o piso salarial de enfermagem, para enfermeiros, técnicos de enfermagem, auxiliares…

2 dias atrás

Hemorragia pós-parto: Quais são os fatores de risco para falha do tamponamento intrauterino?

Um trabalho revisou quais fatores poderiam facilitar a falha do tamponamento por balão em pacientes…

2 dias atrás