Filtrar

Ginecologia e Obstetrícia

Ressonância diminui a incidência de tumor em pacientes com mamas densas?

A ressonância magnética (RM) das mamas vem sendo estudada como método complementar para detecção do câncer de mama em mulheres com alto risco – mamas densas

Uso de testosterona em mulheres: o que recomenda a nova diretriz?

Nos anos reprodutivos, a testosterona sofre um declínio e, na pós-menopausa, os níveis caem ainda mais. A nova diretriz diz quando repor esse hormônio.

Retrospectiva 2019: veja os principais casos clínicos do ano!

Discutir casos clínicos é muito comum na prática dos profissionais de saúde. Por isso, em nossa retrospectiva, trouxemos os casos mais acessados! Confira!

Ministério da Saúde descarta problemas em vacina contra o HPV

O resultado da avaliação de uma equipe de médicos da USP sobre os casos das reações adversas a vacina contra HPV em crianças e jovens no Acre.

Retrospectiva 2019: relembre os quizzes mais acessados do ano

Os quizzes são nossos maiores sucessos, e não teria como ser diferente: uma das melhores formas de aprender e testar os conhecimentos é usar casos reais.

Estudo inédito revela a atual assistência do câncer de mama no país

Um estudo identificou a situação atual da assistência aos pacientes com câncer de mama. Pacientes <40 anos apresentaram mais o câncer avançado.

Whitebook: quais os critérios de elegibilidade dos contraceptivos?

Em nossa publicação semanal de conteúdos compartilhados do Whitebook, vamos falar sobre métodos contraceptivos e os critérios de elegibilidade.

Parto prematuro: usar ou não progesterona?

O nascimento de fetos prematuros pode trazer prejuízos desde o nascimento, logo após o parto, até repercussões na vida adulta dessas crianças.

Como abordar doenças renais na gestação? [parte 2]

Com o envelhecimento populacional e mulheres programando gestação em idades mais avançadas, é necessário ter o conhecimento das doenças renais na gestação.

Termo tardio e pós-termo: indução ou conduta expectante?

A OMS recomenda a indução do parto a partir de 41 semanas de gestação, porém não há consenso de como a gestação deve ser manejada no termo tardio.