Filtrar

Ginecologia e Obstetrícia

Terapia hormonal da menopausa: riscos e benefícios

Na menopausa o ciclo menstrual chega ao fim, os ovários param de produzir estrogênio e progesterona, e com isso existe um feedback negativo na hipófise.

Gestação não planejada x trombose na contracepção

Gestações não planejadas ocorrem com frequência em nossa população. É de extrema importância o conhecimento da eficácia e riscos dos métodos contraceptivos.

Mamografia de vigilância em pacientes com câncer de mama – quando parar?

Mamografia de vigilância é recomendada para sobreviventes do câncer de mama. É possível interromper esse procedimento em algum momento da vida do paciente?

Reposição hormonal pós-AVC é indicada? Novo consenso responde a questão

Um novo consenso de especialistas, publicado na revista Stroke, traz recomendações baseadas em evidências sobre o manejo de problemas hormonais em mulheres que tiveram acidente vascular cerebral. Separamos aqui os principais pontos do artigo. 1) Parto vaginal é preferível à cesariana. O parto cesáreo deve ser realizado com base nas indicações obstétricas e não na história de …

Atrofia genital: indicar ou não o tratamento a laser?

A atrofia genital pode afetar negativamente a função sexual e a qualidade de vida. A terapia com laser é uma nova opção contra esse problema.

NEJM elege os 10 artigos de 2016 que todo médico deve ler

O New England Journal Of Medicine elegeu 10 artigos clinicamente importantes de 2016 que todo médico deve ler para se manter atualizado.

Osteoporose na pós menopausa: veja diagnóstico e tratamento recomendados pela nova diretriz

Entidades publicaram uma diretriz com recomendações de prática clínica para o diagnóstico e tratamento da osteoporose na pós menopausa.

O que o sono tem a ver com a diabetes gestacional?

Segundo um novo estudo, a má qualidade de sono ou uma quantidade insuficiente durante a gestação pode aumentar o risco de desenvolver diabetes gestacional.

Como manejar grávida com cardiopatia congênita? AHA responde em nova diretriz

Para muitas mulheres com cardiopatia congênita, uma gravidez carrega um risco moderado a alto tanto para si quanto para seu bebê.

Mulheres com distúrbios do sono têm maior risco de hipertensão e diabetes

Os distúrbios do sono, como a Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS), apresentam uma prevalência que varia entre 5% e 30%, dependendo da população.