Neurocirurgia

Pacientes com epilepsia terão Levetiracetam disponível pelo SUS

Pacientes com epilepsia podem utilizar gratuitamente o Levetiracetam, medicamento incorporado ao Sistema Único de Saúde - SUS

1 mês atrás

Dor intratável de origem medular: características clínicas e implicações para a cirurgia

Dor espinhal ocorre em 30% dos pacientes com lesão medular. Estas dores têm como característica sua refratariedade a tratamento, evoluindo…

1 ano atrás

Neurocirurgia: como o tempo cirúrgico influencia no risco de infecção?

Identificar pacientes que estão sob maior risco de desenvolver infecção pós-cirúrgica pode ser um passo importante para a adoção de…

1 ano atrás

Internação em UTI no pós-operatório de tumores cerebrais supratentoriais

Diminuir o número de internações em UTI pode significar proporcionar um ambiente pós-operatório mais silencioso e menos estressante para os…

2 anos atrás

Conheça os avanços no tratamento de cavernomas cerebrais

Cavernomas são lesões dos vasos sanguíneos capilares, que, ao tornarem-se dilatados, deixam componentes do sangue “vazarem” para o tecido cerebral…

2 anos atrás

Craniectomia descompressiva no tratamento do TCE

A Craniectomia Descompressiva na TCE consiste na retirada de flap ósseo com abertura da dura-máter para alívio da hipertensão intracraniana…

2 anos atrás

Traumatismo cranioencefálico: hipotermia terapêutica é eficaz?

Um estudo recente tentou verificar a eficácia da hipotermia na prevenção de desfechos desfavoráveis ao paciente com traumatismo cranioencefálico. Confira…

3 anos atrás

As inovações terapêuticas para o acidente vascular encefálico

No mês de setembro de 2018 fomos contemplados com um artigo do JAMA discutindo (mais) inovações terapêuticas para o acidente…

3 anos atrás

TCE leve: conheça novas diretrizes do CDC para tratamento em crianças

O Centers for Disease Control and Prevention emitiu um guideline com novas orientações para diagnosticar e tratar crianças com TCE…

3 anos atrás

Lesões traumáticas de nervos periféricos: quando e como operar?

Mesmo após reparo cirúrgico, as lesões traumáticas de nervos periféricos não restabelecem a função acometida. Saiba como proceder a seguir:

3 anos atrás