CBMI 2023: Precisamos atualizar o SOFA escore?

Na sessão de atualização em sepse, o Prof. Rui Moreno da universidade de Lisboa, palestrou durante o congresso CBMI 2023 sobre a necessidade de atualização do escore SOFA.

Na sessão de atualização em sepse, o Prof. Rui Moreno da universidade de Lisboa, palestrou durante o Congresso Brasileiro de Medicina Intensiva (CBMI) sobre a necessidade de atualização do escore SOFA (Sequential Orgain Failure Assessment). 

CBMI 2023: Podemos diferenciar infecção de inflamação?

CBMI 2023: Podemos diferenciar infecção de inflamação?

 Introdução 

 O escore SOFA é um escore de disfunção orgânica, atualmente utilizado para o diagnóstico de sepse, que avalia 6 sistemas orgânicos (neurológico, hemodinâmico, pulmonar, renal, hepático, hematológico). O escore varia entre de 0 a 24 pontos, sendo que quanto maior o seu valor, mais grave é a disfunção orgânica apresentada pelo paciente [1]. 

 O professor apresentou os benefícios e críticas em relação ao escore.  

 Como identificar e tratar a SEPSE e o Choque Séptico?

Benefícios do escore: 

  • Escore diagnóstico de disfunção orgânica utilizado para diagnóstico da sepse. 
  • Disfunção orgânica é um processo contínuo, logo diferente de outros scores que avaliam mortalidade como o SAPS III e APACHE II, podemos realizar sua avaliação diária e observar a evolução temporal das disfunções orgânicas do paciente na UTI com o delta SOFA.   
  • Boa correlação mortalidade  
  • Validação externa 

Leia também: NEWS x qSOFA: qual é o melhor para identificar o paciente de alto risco 

Críticas ao escore:  

  • Sistema Nervoso Central: Demência prévia, sedação e diferenças entre condições anatômicas e funcionais podem dificultar a avaliação da escala de coma de Glasgow. 
  • Cardiovascular: Necessidade de acrescentar algumas drogas vasoativas como vasopressina, o desuso da dopamina e novos dispositivos de assistência ventricular não incorporados no escore  
  • Respiratório: Gravidade avaliada pela relação PaO2/FiO2, sendo necessário adicionar a relação SpO2/FiO2 como alternativa para estratificação. 

 

Logo pelas críticas apresentadas, é necessária uma nova atualização.  

Veja também: 2023: Gerenciamento e impacto do Huddle

Conclusão

  • SOFA é um escore validado de disfunção orgânica, com avaliação diária, com boa correlação com mortalidade. 
  •  O delta SOFA é extremamente útil em nos mostrar a evolução temporal das disfunções orgânicas do nosso paciente. 
  • O escore precisa de uma nova atualização principalmente em relação ao ponto de vista cardiovascular com incorporação de novas drogas e dispositivos de assistência ventricular, além de uma melhor avaliação neurológica excluindo os fatores confundidores como sedação, delirium e demência. 

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe o Whitebook Tenha o melhor suporte
na sua tomada de decisão.
Referências bibliográficas: Ícone de seta para baixo
    1. Vincent JL, Moreno R, et al. The SOFA (Sepsis-related Organ Failure Assessment) score to describe organ dysfunction/failure. On behalf of the Working Group on Sepsis-Related Problems of the European Society of Intensive Care Medicine. Intensive Care Med. 1996 Jul;22(7):707-10.  
    1. Moreno R, Rhodes A, et al. The Sequential Organ Failure Assessment (SOFA) Score: has the time come for an update? Crit Care. 2023 Jan 13;27(1):15.  

Especialidades