Congressos

CHEST 2021: Fibrose pulmonar idiopática, neurointensivismo, DPOC e muito mais

Tempo de leitura: 4 min.

O CHEST Annual Meeting 2021, congresso do American College of Chest Physicians, aconteceu nos dias 17, 18, 19 e 20 de outubro e trouxe diversas novidades e importantes discussões em pneumologia e terapia intensiva. 

A equipe médica do Portal PEBMED fez a cobertura do CHEST 2021 e trouxe os principais destaques do encontro. Confira o nosso resumo!

CHEST 2021

Em sessão no CHEST 2021 a fibrose pulmonar idiopática foi alvo de muitas discussões, desta vez em relação ao seu tratamento. Estudos abordados no congresso trouxeram pontos como a capacidade vital forçada (CVF), qualidade de vida do paciente e a  exacerbação da fibrose pulmonar idiopática. Veja mais. 

Em uma das apresentações do CHEST 2021, a Dra. Natalie Yip (professora assistente da Universidade de Columbia, EUA), discutiu sobre titulação da PEEP (positive end-expiratory positive pressure). Aproveitando esse contexto, nosso colunista Vinicius Zofoli trouxe os principais pontos e trabalhos sobre esse tema no Portal PEBMED. Confira. 

O stress index é usado para analisar o formato da curva de pressão x tempo, durante a VM em modo volume controlado (VCV), com curva de fluxo constante (quadrada). Nestas condições, podemos avaliar como o pulmão de comporta para acomodar essa pequena quantidade de volume corrente que entra nele durante a inspiração. Se o fluxo é constante, esperamos que a entrada gradual de volume produza um aumento linear de pressão ao longo da inspiração. O tema foi apresentado no CHEST 2021. Veja o texto completo aqui.

Um dos encontros do congresso revisou os critérios e polêmicas acerca da determinação da morte encefálica nos EUA. Diante desse tema, nosso colunista Vinicius Zofoli elencou algumas diferenças entre os critérios americanos e os brasileiros na determinação de ME. Confira os detalhes.

Em sessão do CHEST 2021, foram discutidas as três principais modalidades de tratamento cirúrgico para o DPOC: cirurgia redutora do volume pulmonar, válvulas endobrônquicas e transplante de pulmão. Os painelistas apresentaram as principais recomendações através de casos clínicos. Veja aqui.

Pacientes com pneumotórax são cada vez mais comuns dentro da UTI, especialmente no contexto da pandemia de Covid-19. Uma parcela destes pacientes evolui com fuga aérea persistente, acarretando piora substancial do seu prognóstico.

A fuga aérea persistente, ou fístula aérea, é definida pela presença de fuga, através de um dreno de tórax, por mais de 5-7 dias, em um paciente com pneumotórax. A fuga aérea pode ser causada por uma fístula alvéolo-pleural ou broncopleural. O tema foi abordado no CHEST 2021. Confira

Em debate no CHEST 2021, trabalhos apresentados recentemente apontam para algum benefício do uso do Sildenafil em pacientes com doenças fibrosantes. Outros tipos de tratamentos também foram discutidos no encontro. Veja todos eles

Nessa esperada sessão do congresso da CHEST 2021, foram discutidos os artigos mais importantes do ano, em diversas áreas da terapia intensiva. Fizemos um breve resumo dos principais textos em cuidados intensivos neurológicos apresentados no evento. Confira.

O Dr. Philippe Rola (Canadá) desenvolveu, em conjunto com sua equipe, um escore para determinar o grau de congestão venosa sistêmica, cuja avaliação é fundamental no cuidado de pacientes críticos. O escore VExUS se baseia na avaliação integrada com ultrassom (USG) e doppler pulsátil (PW) da VCI, veia hepática, veia porta, e veias renais, de modo a transpassar as limitações da avaliação desses vasos individualmente. Veja mais detalhes.

Compartilhar
Publicado por
Luciano Lucas
Tags: CHEST 2021

Posts recentes

Suplementos Alimentares no Idoso: pontos de atenção

Os idosos são um grupo de atenção quando o assunto é suplementos alimentares. Saiba mais…

5 horas atrás

Morte encefálica: faz sentido um anestesista em uma cirurgia para doação de órgãos?

A anestesia é usada para amenizar a resposta fisiológica resultante da morte encefálica e otimizar…

6 horas atrás

Você conhece a sequência atrasada de IOT? [podcast]

Neste episódio, o intensivista Vinicius Zofoli conversa sobre a realização da sequência atrasada de intubação…

7 horas atrás

SUS: Sancionada lei que amplia prevenção de câncer em mulheres

Foi sancionada a lei que amplia a prevenção, a detecção e tratamento de diferentes tipos…

8 horas atrás

O escore MELD sódio deve ser ajustado por sexo?

Um estudo avaliou os parâmetros laboratoriais do escore MELD de forma a propor um ajuste…

9 horas atrás

Uso de LOLA no tratamento de encefalopatia hepática aguda grave

A encefalopatia hepática é uma disfunção do sistema nervoso central causada por insuficiência hepática e/ou…

10 horas atrás