Colunistas

Cinco próximos tópicos para o Choosing Wisely em Terapia Intensiva

Tempo de leitura: 2 min.

Recentemente, o jornal Critical Care Medicine publicou o artigo Choosing Wisely For Critical Care: The Next Five, cujo objetivo foi formular novas recomendações para terapia intensiva que identifiquem as melhores práticas para evitar desperdício e agregar valor ao se fornecer cuidados nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

Leia também: Choosing wisely: lista de práticas em cardiologia pediátrica

O estudo foi conduzido por Zimmerman e colaboradores, que realizaram uma revisão narrativa semiestruturada da literatura e avaliações quantitativas. Foram incluídas publicações em inglês que avaliaram as práticas de cuidados intensivos em relação à redução de gastos ou desperdício. As práticas avaliadas que não agregavam valor aos cuidados intensivos foram agrupadas por categoria. Os pesquisadores identificaram oito novas recomendações para se evitar práticas inúteis. Estes itens foram submetidos aos membros da Society of Critical Care Medicine (SCCM) para avaliação e classificação. A SCCM selecionou cinco das oito recomendações.

Essas cinco recomendações mais bem classificadas estabeleceram os próximos Choosing Wisely a serem incorporados a práticas de cuidados da SCCM:

  1. Não mantenha cateteres e drenos sem uma indicação clara;
  2. Não atrase a liberação da ventilação mecânica;
  3. Não continue a antibioticoterapia sem evidência de necessidade;
  4. Não atrase a mobilização de pacientes nas UTI;
  5. Não forneça cuidados que sejam discordantes com os objetivos e valores do paciente.

O estudo descreve que a qualidade do atendimento em cuidados intensivos pode ser melhorada com a descoberta de novas maneiras de abordar as condições clínicas, reduzindo intervenções desnecessárias não apoiadas por evidências. Para os pesquisadores, os médicos frequentemente se concentram na abordagem anterior, que enfatiza a melhoria da qualidade do atendimento, mas não necessariamente no valor desse atendimento.

Saiba mais: Choosing Wisely: confira as novas recomendações para pneumologia pediátrica

Alternativamente, a iniciativa Choosing Wisely enfoca a última abordagem. À medida que os cuidados intensivos continuam a evoluir e nossa compreensão do impacto de práticas específicas no atendimento ao paciente se torna mais clara, intervenções ou ações específicas para evitar o desperdício tornam-se aparentes. O sucesso desta iniciativa será julgado pela extensão da implementação das recomendações e o impacto dessas recomendações no custo e nos resultados do atendimento.

Mensagem final

Concluindo, todos esses cinco novos itens representam estratégias para otimizar o tratamento dos pacientes graves e de fato, mostram evidências na literatura de redução não somente de gastos, mas do tempo de internação na UTI e no hospital, da ocorrência de delirium, dor, coma e mortalidade, entre outras. Entretanto, a cultura institucional exerce extrema influência na prática clínica diária. Portanto, junto com novas recomendações Choosing Wisely, deve haver um exaustivo investimento em instruções e treinamentos para que de fato essas práticas possam ser executadas.

Autor(a):

Referência

  • Zimmerman JJ, Harmon LA, Smithburger PL et al. Choosing Wisely For Critical Care, Critical Care Medicine: January 28, 2021 – Volume Online First – Issue – doi: 1097/CCM.0000000000004876
Compartilhar
Publicado por
Roberta Esteves Vieira de Castro

Posts recentes

Quais fatores no manejo de hemodiálise contínua podem alterar a sobrevivência de crianças graves com lesão renal aguda?

A lesão renal aguda ocorre em mais de um quarto das crianças em Unidade de…

40 minutos atrás

Relembrando o que é o hipoparatireoidismo

O hipoparatireoidismo é uma condição relativamente rara, causada na maioria das vezes pelo dano cirúrgico…

4 horas atrás

Pandemia impactou no aumento de peso e controle da glicemia dos portadores de diabetes tipo 2

A pandemia de Covid-19 teve um impacto bastante negativo no aumento de peso e controle…

5 horas atrás

Anemia Falciforme: você pode ser um portador deste traço

A anemia falciforme atinge um grande número de brasileiros, dessa forma, os diretos do portador…

6 horas atrás

Escabiose: orientações para o sucesso do tratamento

É importante o paciente com escabiose seguir algumas orientações para tratar a dermatose. Saiba quais…

21 horas atrás

Outubro rosa: Câncer de vulva: update 2021

As neoplasias de vulva respondem apenas por 4% das neoplasias ginecológicas. Saiba mais.

21 horas atrás