Cirurgia

Cirurgia de contorno corporal melhora a durabilidade da perda de peso após bariátrica 

Tempo de leitura: 3 min.

Considerando a obesidade uma doença crônica de etiologia multifatorial com crescente aumento em nossa sociedade, tem-se observado uma demanda aumentada por medidas terapêuticas como a cirurgia bariátrica (CB), principalmente nos casos severos e refratários à abordagem clínica. A CB nesses casos oferece redução significativa de peso inicial, além de melhora de comorbidades associadas à obesidade. Entretanto, muitos pacientes persistem insatisfeitos com sua autoimagem mesmo após a abordagem, fator decorrente da distorção do contorno corporal pela flacidez tissular após redução de peso. Essa percepção da melhora da aparência é um fator definidor na motivação contínua para redução e manutenção de índice de massa corpórea (IMC) adequado a longo prazo, evitando reganho de peso. Por isso, a cirurgias de contorno corporal (BCS) têm sido indicadas como ferramentas válidas para otimização e manutenção dos resultados da CB. 

Leia também: Lavagem peritoneal intraoperatória extensiva (LPIE) em gastrectomia curativa: fazer ou não? 

Meta-análise recente

Partindo desse pressuposto e objetivando analisar a influência da cirurgias de contorno corporal na magnitude e durabilidade da perda de peso pós-bariátrica, foi realizada uma meta-análise englobando artigos dos principais bancos de dados médicos até junho de 2020. Foram identificados 2.487 estudos, dos quais 11 foram selecionados, totalizando 2.307 pacientes, sendo 691 casos (pacientes submetidos à BCS após CB) e 1616 casos controle (apenas CB). O período médio de segmento e a idade média dos pacientes foi 61,6 ± 23,8 meses e 42,4 ± 5,3 anos para os casos e 52,2 ± 23,8 meses e 41,7 ± 4,9 anos para os controles, respectivamente, não havendo diferença estatisticamente significativa desses parâmetros entre os grupos. 

As técnicas bariátricas utilizadas foram bypass gástrico em Y-de-Roux (mais comum), gastrectomia vertical, banda gástrica, gastroplastia vertical com bandagem e derivação biliopancreática. Já os procedimentos de contorno corporal incluíram abdominoplastia, braquioplastia, mastopexia, torsoplastia, cruroplastia, lower body lift e paniculectomia abdominal. 

Os parâmetros utilizados para avaliar a perda de peso foram: IMC, perda percentual do excesso de peso (PEP) e perda percentual do total de peso (PTP). 

Em relação aos resultados, o IMC antes dos procedimentos era em média 46,4 ± 4 kg/m² e 46,4 ± 2,9 kg/m², tendo regredido para 29,3 ± 3,7 kg/m² e 31,5 ± 3,5 kg/m² nos grupos CB + BCS e apenas CB, respectivamente (P = 0,023). Na média da PEP também houve diferença significativa entre os grupos, com 70,2 ± 12,9% para casos e 51,2 ± 14,4% para controles. Em relação à PTP, o grupo CB + BCS apresentou perda média de 36,9 ± 6,3% e o grupo CB obteve perda média de 29,7 ± 6,8% (P = 0,003).

Saiba mais: Carreira cirúrgica com olhar de cirurgiões aposentados: o que pode ser diferente?

Em resumo, a CB associada à cirurgias de contorno corporal demonstrou ser mais efetiva na redução de perda de peso, com melhor redução de IMC e mais expressiva PTP e PEP. Esse resultado está diretamente relacionado à melhoria da percepção da autoimagem que a maioria dos pacientes submetidos a ambos os procedimentos reportaram. 

Para Levar para Casa 

Levando em conta o aumento crescente de cirurgias bariátricas realizadas no Brasil, devemos atentar, para além da técnica cirúrgica, que a manutenção do controle de peso a longo prazo necessita de contínua motivação do paciente ao autocuidado. Essa motivação está intrinsecamente relacionada ao desejo de manter uma melhor aparência, daí a importância de integrar ao segmento pós-bariátrica a possibilidade de BCS. 

Autor(a):

Referências bibliográficas:

  • ElAbd R, Samargandi O, AlGhanim K, Alhamad S, Almazeedi S, Williams J et al. Body Contouring Surgery Improves Weight Loss after Bariatric Surgery: A Systematic Review and Meta-Analysis. Aesthetic Plastic Surgery. 2020;45(3):1064-1075. doi: 10.1007/s00266-020-02016-2
Compartilhar
Publicado por
Nathália Ribeiro Pinho de Sousa

Posts recentes

Monitorização de longo prazo para FA subclínica após AVCi

Pacientes com AVCi devem ser monitorizados para eventos cardíaco nas primeiras 24 horas após o…

27 minutos atrás

Albumina na cirrose hepática: usos além da função de coloide

Apesar de conhecermos a albumina como um coloide, pesquisas mais recentes vêm descobrindo que ela…

1 hora atrás

Uso de pessário associado a progesterona para prevenção de partos prematuros

Artigo publicado apresentou a possibilidade da associação entre pessário e o uso de progesterona na…

2 horas atrás

Psicofobia: O que podemos fazer para que haja mudança social?

A psicofobia é um termo que possui seu significado ligado ao preconceito contra pessoas que…

3 horas atrás

Ministério da Saúde lança campanha nacional de combate ao mosquito Aedes aegypti

O Ministério da Saúde lançou a campanha nacional de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor…

22 horas atrás

Síndrome de anticorpo antifosfolipideo: o que precisamos saber?

A síndrome de anticorpo antifosfolípideo é definida cumprindo pelo menos um clínico e um critério…

1 dia atrás