Infectologia

Classificando antibióticos na lista essencial de medicamentos da OMS

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

Otimizar o uso de antibióticos é uma prioridade da estratégia global de combate à resistência antimicrobiana. Guias de uso de antimicrobianos devem ser desenvolvidos para atingir o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 3 (saúde e bem estar), permitindo acesso universal à segurança, efetividade e qualidade.

Melhorar a prescrição global é assunto complexo, que requer alvos pragmáticos a curto prazo, objetivos a longo prazo ambiciosos e expectativas realistas. Não é fácil identificar objetivos específicos para intervenção. Definir quais antibióticos devem ser o foco, em diferentes níveis, é uma prioridade mundial.

A última revisão completa foi realizada em 2001. Para a atualização de 2017 da EML (lista essencial de medicamentos), revisões para usos específicos em infecções foram encomendadas pela OMS. Os antibióticos foram classificados em três grupos:

  • Acess
  • Watch
  • Reserve

Para melhorar o acesso a terapia efetiva, o comitê designou primeiramente o grupo Acess, englobando primeiras e segundas escolhas para tratamento empírico de vinte e uma síndromes clínicas mais comuns ou severas.

O grupo Watch inclui classes consideradas consideradas como tendo maior toxicidade ou resistência, em comparação ao primeiro grupo.

O grupo Reserve inclui antibióticos que devem ser reservados como últimas opções. Devem ser usados quando necessários em pacientes selecionados.

Muitas limitações são associadas a essa classificação. Não foram incluídas todas as classes de antibióticos. Existe uma fraca evidência para classificar antibióticos ou classes nessas categorias. Entretanto, a classificação AWAre pode ser introduzida para ajudar a estimar o uso relativo de antibióticos de amplo espectro, avaliando efeitos de intervenção e definindo objetivos para melhorar qualidade.

Veja a tabela completa abaixo:

Fonte: http://www.thelancet.com/journals/laninf/article/PIIS1473-3099(17)30724-7/fulltext

Autor:

 

 

 

 

Referências:

Compartilhar
Publicado por
Diego Blanco

Posts recentes

Efeito da época da infecção materna por SARS-CoV-2 nos desfechos nascituros

Um estudo avaliou gestantes não vacinadas para Covid de forma multicêntrica para pesquisar os desfechos…

3 horas atrás

20 de janeiro – Dia Nacional da Parteira Tradicional

O dia 20 de janeiro é considerado o Dia Nacional da Parteira Tradicional, em homenagem…

5 horas atrás

Casos de diabetes no Brasil aumentam 26,61% em dez anos, revela levantamento

Nos últimos dez anos houve um aumento de 26,61% no número de casos de diabetes…

5 horas atrás

Mão-pé-boca: doença do verão

No verão, o número de casos de crianças com a doença mão-pé-boca aumenta. O blog…

19 horas atrás

Sobrecarga médica no cenário atual da Covid-19

No episódio de hoje do podcast da PEBMED, confira sobre o cenário atual da Covid-19…

20 horas atrás

Medicina Baseada em Evidências: como não afundar no oceano de informações?

A 7 edição da Revista PEBMED será sobre Medicina Baseada em Evidências. Aqui, mapeamos os caminhos…

21 horas atrás