Clínica Médica

Coenzima Q10 auxilia na diminuição de efeitos colaterais das estatinas

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

A coenzima Q10 (CoQ10), conhecida como ubiquinona, é uma substância presente no organismo mas que pode ser obtida em alguns alimentos e também em forma sintética e em suplementos alimentares. O componente tem diversos efeitos benéficos, como ação antioxidante, fornecimento de energia, reestruturação muscular, e pode ajudar na prevenção de eventos cardiovasculares. A coenzima Q10, inclusive, pode ser usada como adjuvante no controle dos sintomas de pacientes diagnosticados com transtorno bipolar.

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas
Cadastrar Login

Coenzima Q10 x miopatia

Uma pesquisa recente associou o uso da coenzima Q10 à diminuição da miopatia em pacientes medicados com estatinas. O estudo procurou analisar os efeitos da CoQ10 na diminuição da dor, desgaste, câimbra e fraqueza musculares. O levantamento de metanálise revisitou 12 artigos e estudos lançados entre 2007 e 2017 sobre a coenzima Q10; os resultados foram publicados no final de outubro no periódico Journal of the American Heart Association.

Leia mais: Estratégias para lidar com a miopatia por estatinas

O estudo selecionou 575 pacientes medicados com estatinas que sofriam com miopatia, um dos efeitos colaterais da medicação. Os participantes foram designados em dois grupos, o primeiro contou com 294 indivíduos que receberam complementação com a coenzima Q10, o segundo grupo continha 281 integrantes que receberam apenas placebo.

Resultados

Em comparação com o grupo medicado com placebo, a coenzima Q10 amenizou em 16-54% os efeitos colaterais das estatinas. A diferença média ponderada (WMD) para a dor muscular ficou em  −1,60; (IC 95%; [−1,75 a −1,44]; P<0,001). O índice de fraqueza muscular no grupo da CoQ10, em comparação com o do placebo, também foi menor (WMD −2,28; IC 95%; [−2,79 a −1,77]; P=0,006).

Os resultados da coenzima Q10 na melhora dos efeitos da miopatia em pacientes medicados com estatinas, comparados com os do placebo, foram superiores também para sintomas como câimbra muscular (WMD, −1,78; IC 95%, [−2,31 a −1,24]; P<0,001) e fraqueza muscular (WMD, −1,75; IC 95%, [−2,31 a −1,19]; P<0,001).

Tenha em mãos informações objetivas e rápidas sobre práticas médicas. Baixe o Whitebook

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências:

  • Journal of the American Heart Association. Effects of Coenzyme Q10 on Statin-Induced Myopathy: An Updated Meta-Analysis of Randomized Controlled Trials J Am Heart Assoc 2018 Oct 02;7(19)e009835, H Qu, M Guo, H Chai, WT Wang, ZY Gao, DZ Shi.
Compartilhar
Publicado por
Roberto Caligari
Tags: estatinas

Posts recentes

Proposta de nomenclatura universal para insuficiência cardíaca (IC)

As definições da insuficiência cardíaca (IC) são extremamente heterogêneas, isso dificulta definir a doença para…

3 horas atrás

Miopatias em pacientes adultos com hipotireoidismo

Pacientes com hipotireoidismo mais grave ou não tratados têm maior probabilidade de desenvolver doença muscular…

4 horas atrás

Você ainda se lembra das manifestações oftalmológicas da Zika congênita? 

Em artigo publicado em maio de 2021, Ventura at al. relataram as manifestações oftalmológicas da…

5 horas atrás

Covid-19: gestantes e puérperas que tomaram a primeira dose da vacina Astrazeneca

Algumas gestantes apresentaram desfechos desfavoráveis por eventos tromboembólicos após a vacinação com a vacina Astrazeneca/Oxford.

6 horas atrás

Estatinas: FDA solicita a remoção da contra-indicação de seu uso durante a gravidez

A FDA diz que, apesar da mudança, a maioria das pacientes deve interromper as estatinas…

7 horas atrás

Explorando a saúde, a doença e a experiência da doença

Vimos que o MCCP é composto por quatro componentes e hoje veremos o primeiro deles:…

8 horas atrás