Como manejar o sangramento uterino na emergência?

Que tipo de cuidado um médico generalista pode fornecer a mulheres com sangramento uterino numa emergência de clínica médica?

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

Devido a pouca oferta de serviços de emergência ginecológica, é bastante comum que em emergências de clínica médica sejam atendidas mulheres com sangramento uterino anormal. Mas que tipo de cuidado um médico generalista pode fornecer a essas mulheres numa emergência de clínica médica?

De acordo com o Manual de 2016 do Ministério da Saúde, ao atender uma mulher com sangramento ginecológico é fundamental descartar a possibilidade de gravidez, que pode ser feito com amostra de urina ou sérica. Se confirmada a gravidez, é importante referenciá-la a um centro ginecológico, devido a possibilidade de aborto. Quando descartada a gravidez, deve-se cogitar quais as principais causas do sangramento naquela mulher.

Mais comumente, temos como causa de sangramento miomatose uterina ou disfunções hormonais. É importante interrogar a paciente se ela possui doença de base ou usa algum anticoncepcional.

Mais da autora: ‘Menopausa: como fornecer suporte nessa fase da vida’

Para sangramentos muito intensos, deve ser feito ácido tranexâmico 500 mg de 6/6h caso a paciente não possua contraindicações, como coagulação intravascular ativa ou vasculopatia oclusiva. Outra opção é o uso de estrogênio, a fim de combater a atrofia endometrial, responsável por boa parte dos sangramentos disfuncionais. Pode ser administrado estradiol 4mg/dia ou estrogênio conjugado 2,5 mg/dia até cessar o sangramento; porém comumente é mais fácil a terapia hormonal com anticoncepcionais combinados cuja dose é de 1 cp de 6/6h até cessar o sangramento, seguida de manutenção de anticoncepcional contínuo até investigação da causa do sangramento, para que essa seja feita ambulatorialmente.

Pode ainda ser feito, em associação com o anticoncepcional ou sozinho, o uso de anti-inflamatórios comuns, como ibuprofeno e diclofenaco em doses plenas.

O sangramento uterino é uma queixa que, além de comum, causa preocupação nas mulheres. O profissional deve estar treinado para uma escuta ativa de como a mulher se sente diante dessa situação, o que ela acredita ser a causa e como está sua saúde mental, já que sangramentos disfuncionais também são associados a problemas emocionais.

É médico e também quer ser colunista da PEBMED? Clique aqui e inscreva-se!

Referências:

  • Protocolos da Atenção Básica – Saúda das Mulheres, Ministério da Saúde, 2016
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão

Especialidades