Covid-19: Novo autoteste pode ser realizado em crianças a partir de três anos de idade

A Anvisa autorizou a comercialização e o uso do novo autoteste de Covid-19 para crianças a partir dos três anos de idade. Saiba mais.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a comercialização e o uso do novo autoteste de Covid-19 da MedLevensohn, o único aprovado até o momento no Brasil que pode ser realizado por crianças a partir dos três anos de idade. 

O MedTeste Autoteste Covid-19 AG possui sensibilidade de 93,2% e especificidade de 99,2%, atingindo uma precisão relativa de 97,5% em comparação com os testes de RT-PCR. O exame é realizado através de coleta nasal com o diagnóstico sendo revelado em apenas dez minutos.  O teste já está disponível nas principais redes de farmácias do país.      

O produto é capaz de detectar a presença do novo coronavírus a partir do primeiro dia de sinais e sintomas da doença e pode ser utilizado em crianças a partir dos três anos de idade. A empresa elaborou e incluiu no manual de instruções de uso um filme tutorial para a realização do teste, que pode ser visualizado neste link.

“Com um alto índice de confiabilidade, os autotestes oferecem ainda mais segurança para a população, além de contribuírem para o controle da circulação do vírus, suporte ao sistema de saúde do país e desenvolvimento da cultura de testagem entre os brasileiros. O autoexame agiliza o diagnóstico, o tratamento da enfermidade e ainda favorece uma rápida tomada de decisão para o início do protocolo de isolamento social”, destacou o diretor de Operações Comerciais da MedLevensohn, Ricardo Scaroni.  

Desde maio deste ano, a Anvisa autorizou o uso de autotestes de Covid-19 no país, o que permite a comercialização dos testes em farmácias e estabelecimentos de saúde. 

“A grande vantagem dos autotestes é, sem dúvida, a possibilidade de diagnóstico rápido frente a suspeita de Covid-19, o que permitiria um isolamento domiciliar mais precoce e maior chance de diminuição de transmissão do novo coronavírus. Entretanto, existem limitações que devem ser consideradas. Técnicas inadequadas de coleta e processamento do teste podem comprometer sua performance. Nesses casos, resultados falso-negativos podem levar a pessoas infectadas a manterem suas atividades, sem fazer o isolamento necessário, por acreditarem que não apresentam Covid-19. Portanto, é importante que as instruções sejam seguidas corretamente e que os testes sejam confirmados, caso a suspeita permaneça”, explicou a infectologista do Hospital Clementino Fraga Filho e colunista da PEBMED, Isabel Cristina Melo Mendes, em entrevista para o portal. 

autoteste

Uma quarta onda de Covid-19 no Brasil? 

Há cerca de um mês, a média móvel de novos casos passou a apresentar tendência de alta e isso explodiu na última semana, quando o número de novos casos diários ficou em torno de 30 mil, um aumento de 107%, em comparação com duas semanas antes.  

O aumento dos diagnósticos positivos já se reflete no sistema de saúde, com o respectivo aumento de internações e atendimentos em, pelo menos, sete estados, embora o número de óbitos não tenha acompanhado. 

No final da tarde desta segunda-feira (13/6), o Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass) atualizou os números diários sobre a pandemia de Covid-19 no país. De acordo com os últimos dados, o país agora possui 31.497.038 casos confirmados e 668.180 óbitos pela doença. 

Somente nas últimas 24 horas, foram incluídos mais 40.173 pessoas infectadas e 70 óbitos. A taxa de letalidade no Brasil permanece em 2,1%. Entretanto, especialistas alertam que a quantidade real de infecções é subestimada, uma vez que o número de testes realizados atualmente no país é muito baixo. Em maio, o Sistema Único de Saúde (SUS) fez apenas 176 mil testes, contra 1,7 milhão realizados em janeiro.

Leia também: Anvisa aprova ampliação do uso de Remdesivir em casos de covid-19

Será realmente que o Brasil vive uma quarta onda de Covid-19? 

Na opinião da infectologista Isabel Mendes, não se pode antecipar a magnitude que esses novos casos podem chegar, mas estratégias como manter uso de máscaras e distanciamento social, higienização frequente das mãos e vacinação são importantes para o controle da doença e evitar que a circulação do novo coronavírus torne-se novamente descontrolada. 

“No atual momento epidemiológico é importante que indivíduos que apresentem quadro suspeito de Covid-19 procurem realizar teste diagnóstico e mantenham-se isolados ou com uso de máscara adequada (preferencialmente N95) até o resultado. Vale ressaltar que, com novas variantes e com a influência da vacinação, as pessoas podem apresentar sintomas leves e de curta duração ou mesmo sintomas atípicos, como diarreia. É necessário manter uma alta suspeição para recomendar a testagem nesse momento”, ressaltou a infectologista, que acrescentou que uma vez com resultado positivo, o paciente deve ser orientado a manter-se isolado. 

“O tratamento para a maioria dos casos sintomáticos segue sendo o de suporte, com uso de sintomáticos, repouso e hidratação. Indivíduos com fatores de risco para doença grave, como idosos, presença de múltiplas comorbidades e imunossuprimidos, devem ser orientados a procurar atendimento médico caso apresentem sinais de alarme como dispnéia, taquipneia, dessaturação ou sinais de descompensação de doença de base ou de desidratação”, concluiu Isabel Mendes.

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão