Categorias: Psiquiatria

Demência associada à depressão diminui com o uso de antidepressivos?

Queremos saber a sua opinião! Gostou de ouvir essa notícia em áudio? Clique aqui e responda nossa pesquisa.

A depressão é um fator de risco aceito para a demência, mas ainda não está claro se essa relação é causal. Um novo estudo Translational Psychiatry investigou se a demência associada à depressão diminui com o uso de antidepressivos e é independente do tempo entre a exposição à depressão e o início da demência.

Através de um sistema australiano de ligação de dados, pesquisadores seguiram 4.922 homens com idades entre 71 e 89 anos, inicialmente sem comprometimento cognitivo clinicamente significativo, entre 2001-2004 e junho de 2015.

Foram coletadas informações sobre história de depressão passada, depressão atual e gravidade de sintomas depressivos, uso de antidepressivos, idade, educação, tabagismo e história de diabetes, hipertensão, doença coronária e acidente vascular cerebral (AVC).

Um total de 682 homens apresentaram depressão passada (n = 388) ou atual (n = 294). Durante o seguimento de 8,9 anos, 903 (18,3%) desenvolveram demência e 1.884 (38,3%) morreram sem demência. Os sub-hazard ratios (SHRs) da demência para homens com depressão passada e atual foram 1,3 (intervalo de confiança [IC] de 95%: 1,0, 1,6) e 1,5 (IC de 95%: 1,2, 2,0). O uso de antidepressivos não diminuiu esse risco.

Em comparação com homens sem sintomas, os SHRs de demência associados a sintomas depressivos questionáveis, leve a moderados e graves foram 1,2 (IC de 95%:1,0, 1,4), 1,7 (IC de 95%: 1,4, 2,2) e 2,1 (IC de 95%: 1,4, 3,2), respectivamente.

Pelos resultados, os pesquisadores concluíram que a associação entre depressão e demência foi aparente apenas nos primeiros 5 anos de seguimento. Os homens mais velhos com história de depressão estão em maior risco de desenvolver demência, mas a depressão é mais provavelmente um marcador de demência incipiente do que um fator de risco verdadeiramente modificável.

Quer receber diariamente notícias médicas no seu WhatsApp? Cadastre-se aqui!

Referências:

  • Almeida OP et al. Depression as a modifiable factor to decrease the risk of dementia. Transl Psychiatry 2017 May 2; 7:e1117. (https://dx.doi.org/10.1038/tp.2017.90)
Compartilhar
Publicado por
Vanessa Thees

Posts recentes

Check-up Semanal: lesões pancreáticas, noradrenalina em veia perioperatória e mais! [podcast]

Check-up Semanal: lesões pancreáticas assintomáticas, noradrenalina em veia perioperatória, tofacitinibe no Covid-19 e mais!

14 horas atrás

Glaucoma agudo, miopia e o topiramato: o que todo oftalmologista deve saber?

O glaucoma agudo por fechamento angular associado ao uso de topiramato é bem descrito em…

15 horas atrás

Covid-19: Variante lambda se espalha pela América do Sul e preocupa OMS

A variante lambda está em uma categoria em que se encontram outras seis mutações do…

16 horas atrás

Infecções fúngicas na Covid-19: como identificar e quando notificar?

Casos graves de Covid-19 vêm sendo associados a um aumento na incidência de infecções fúngicas,…

17 horas atrás

Quais os fatores de risco para a incapacidade de redução das luxações do ombro sem o uso de sedação?

Embora as luxações do ombro sejam comuns, o procedimento de redução costuma ser difícil, muitas…

18 horas atrás

Dia Nacional de Controle da Asma

Acredita-se que cerca de 87% das pessoas que têm ciência do diagnóstico de asma, não…

19 horas atrás