Ginecologia e Obstetrícia

Distúrbios hipertensivos da gestação podem estar associados a problemas a longo prazo

Tempo de leitura: 2 min.

Neste último mês de dezembro de 2020, a American Academy of Neurology publicou um estudo demonstrando uma associação entre distúrbios hipertensivos da gestação e piora das habilidades de memória e raciocínio a longo prazo.

Ouça também: Check-up Semanal: diretriz de hipertensão, novos medicamentos para covid-19 e mais! [podcast]

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas
Cadastrar Login

Características do estudo

O estudo incluiu 596 gestantes em uma coorte prospectiva realizado na Holanda. Deste montante, um total de 115 mulheres desenvolveram alterações pressóricas durante a gravidez. Destas, 70% tinham hipertensão gestacional e outros 30% tinham pré-eclâmpsia, que foi definida. Após quinze anos essas pacientes foram submetidas a diversos testes.

O desempenho cognitivo foi medido em diferentes domínios: função executiva, velocidade de processamento, memória verbal, função motora e capacidade visuoespacial, e um fator de cognição global (fator g) foi derivado da análise de componentes principais.

No teste de memória imediata, as mulheres sem distúrbios hipertensivos na gestação, 15 anos antes, marcaram uma média de 28 pontos de uma pontuação máxima de 45, enquanto as mulheres que tiveram pressão alta durante a gravidez 15 anos antes marcaram uma média de 25 pontos. Mulheres com pressão alta durante a gravidez tiveram pior desempenho na tarefa de memória imediata e tardia depois que os pesquisadores ajustaram outros fatores que poderiam afetar as habilidades de pensamento, como índice de massa corporal antes da gravidez, nível de educação e etnia.

Não houve diferença entre os dois grupos de mulheres nos testes de motricidade fina, fluência verbal, velocidade de processamento e habilidade visoespacial.

Limitações e conclusão

Uma limitação do estudo é que nenhum teste de raciocínio e memória foi feito antes da gravidez ou durante a gravidez, então os pesquisadores não puderam comparar o desempenho da mesma paciente antes e depois da gestação com distúrbio hipertensivo.

Portanto, é importante considerar a hipertensão gestacional e a pré-eclâmpsia como fatores de risco para comprometimento cognitivo. Devemos alertar as pacientes, que muitas vezes pensam que a hipertensão na gestação é algo temporário, de que este distúrbio pode ter efeitos potencialmente duradouros.

Saiba mais: Hipertensão e epistaxe: existe relação?

É importante afirmar que o estudo não mostra uma relação de causa e efeito entre a pressão alta e os resultados dos testes. Mostra apenas a associação. Trabalhos futuros são necessários para determinar se o tratamento precoce da pressão alta pode prevenir problemas cognitivos em mulheres com histórico de pressão alta na gravidez.

Autor(a):

Referências bibliográficas:

  • Adank MC, et al. Hypertensive disorders of pregnancy and cognitive impairment: A prospective cohort study. Neurology.
    2020 Dec 30;10.1212/WNL.0000000000011363.  doi: 10.1212/WNL.0000000000011363. Online ahead of print.
Compartilhar
Publicado por
Juliana Olivieri
Tags: Hipertensão

Posts recentes

Os novos anticoagulantes orais estão sendo mais utilizados que os antagonistas da vitamina K em pacientes com FA?

Os novos anticoagulantes surgiram como uma alternativa e mostraram eficácia e segurança semelhante ou melhor…

12 horas atrás

Whitebook: coombs indireto – o que é e como solicitar?

Essa semana, falamos sobre o coombs indireto em obstetrícia. Em nossa publicação de conteúdos do…

16 horas atrás

Diagnóstico de policitemia vera: conceitos importantes

Policitemia vera é uma síndrome mieloproliferativa caracterizada por aumento da massa eritrocitária. Saiba mais.

1 dia atrás

AAP 2021: avaliação de sepse tardia e terapia empírica em prematuros extremos

O objetivo de um estudo apresentado na AAP 2021 foi definir a frequência da sepse…

1 dia atrás

Podcast da Pebmed: dissecção da artéria vertebral. Como diagnosticar e tratar? [podcast]

No episódio de hoje, Henrique Cal, vai discutir sobre causas que podem levar à dissecção…

1 dia atrás

Destaque das diretrizes no manejo do tabagismo

O tabagismo é a principal causa de morte evitável no mundo. Atualmente são cerca de…

1 dia atrás