Cardiologia

Doença arterial periférica: veja os principais pontos da nova diretriz

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

A prevalência da doença arterial periférica em adultos varia entre 3% e 12% no mundo. A American Heart Association e o American College of Cardiology atualizaram as diretrizes de 2011 sobre o tratamento de pacientes com essa condição. Separamos os principais pontos das novas recomendações.

  • Pacientes com doença arterial periférica devem evitar o fumo passivo em casa, no trabalho e em locais públicos. As diretrizes anteriores enfatizavam apenas a cessação do tabagismo.
  • Doentes devem ser vacinados contra a gripe todos os anos para evitar complicações cardiovasculares.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

  • Pacientes devem participar de um programa de exercícios estruturado e individualizado. A atividade supervisionada em um ambiente hospitalar ou ambulatorial é preferida, mas os programas domiciliares ou comunitários podem ajudar a melhorar a capacidade de andar e o status funcional.
  • Doentes devem receber terapia com antiagregantes plaquetários e estatinas e, para certos pacientes, procedimentos vasculares para restaurar o fluxo sanguíneo para a perna afetada. Essas recomendações também estavam presentes nas diretrizes anteriores.

Referências:

Compartilhar
Publicado por
Vanessa Thees

Posts recentes

Atividade física e Covid-19: a importância da reavaliação médica no retorno aos treinos

Nesse primeiro vídeo sobre atividade física e covid-19, o cardiologista Mateus Freitas comenta sobre a…

13 horas atrás

Novas evidências: Laser fracionado de CO2 para tratamento de atrofia vaginal

O laser fracionado de CO2 ganha cada vez mais credibilidade no tratamento de patologias urogenitais.…

14 horas atrás

Manejo da dispneia na emergência com uso de ultrassonografia point-of-care (POCUS)

A ultrassonografia POCUS pode ser utilizada como ferramenta diagnóstica e como guia da evolução da…

15 horas atrás

CHEST 2021: Fibrose pulmonar idiopática, neurointensivismo, DPOC e muito mais

O CHEST 2021, congresso do American College of Chest Physicians, trouxe diversas novidades e discussões…

16 horas atrás

Estudo mostra bebês prematuros extremos que sobrevivem ao parto também melhoram os desfechos de neurodesenvolvimento

Um estudo avaliou o neurodesenvolvimento e a incapacidade neurológica significativa aos dois anos em bebês…

17 horas atrás

Perfil metabólico nas mulheres em amamentação exclusiva após uma gestação com diabetes gestacional

A diabetes gestacional é uma doença de incidência variável no mundo, chegando a 17,8% das…

18 horas atrás