Endocrinologia

ENDO 2021: qual a relação entre obesidade e Covid-19?

Tempo de leitura: 2 min.

Durante a pandemia ouvimos sobre Covid-19 e relação com obesidade, que já ficou consagrada como fator de risco para casos graves. Hoje, no ENDO 2021, o estudo apresentado virtualmente pela Yu Mi Kang, da Universidade de Yale, abordou este assunto.

O objetivo era determinar a associação entre obesidade com desfechos entre pacientes hospitalizados por Covid-19 em uma coorte multi-hospitalar.

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas
Cadastrar Login

Obesidade e Covid-19

Os pesquisadores analisaram dados de 3.246 pacientes adultos hospitalizados com Covid-19 em cinco hospitais do do Yale New Haven Health System (YNHHS) entre março e novembro de 2020. Os pacientes eram adultos (maiores que 18 anos) e tinham PCR positivo para SARS-COV-2.

A definição de obesidade utilizada foi a da Organização Mundial de Saúde, em que se considera obesidade um índice de massa corpórea (IMC) maior que 29,9 (kg/m²).

Resultados do estudo

A prevalência de obesidade nos pacientes hospitalizados por Covid-19 foi duas vezes maior do que o peso normal (43,7% vs 22,7%). Foi observado que a obesidade se relacionava com aumento da taxa de admissão em terapia intensiva (26,5% vs 22,5%), porém não tinha relação com aumento de mortalidade intra-hospitalar.

O estudo apresentava algumas limitações, como o fato de ser observacional e só ter dados de pacientes intra-hospitalares, não podendo ser generalizado para pacientes que não necessitam de internação. Como ponto forte, a palestrante ressaltou o tamanho significativo da coorte.

Mensagem prática

  • A associação entre obesidade e um curso clínico mais grave de Covid-19 destaca a vulnerabilidade desta população durante a pandemia atual e a necessidade de esforços de saúde pública para prevenir e tratar a obesidade.
  • Deve-se assegurar que a obesidade esteja sendo considerada no Covid-19 com a devida atenção com relação ao manejo e medidas preventivas, como prioridade em vacinação.

Mais do congresso:

Autora:

Referências bibliográficas:

  • Yu Mi Kang MD, PhD Yale New Haven Health. ENDO 2021. Obesity Is Associated With Intensive Care Use and Duration of ICU Stay but Not Mortality Among 3246 Patients Hospitalized With COVID-19.
Compartilhar
Publicado por
Dayanna de Oliveira Quintanilha

Posts recentes

Hematoma subdural: caso clínico na emergência [podcast]

Neste episódio, o Dr. Felipe Nóbrega vai falar sobre o hematoma subdural no contexto de…

1 hora atrás

Acometimento neurológico em crianças com síndrome hemolítico-urêmica típica: dados de uma revisão retrospectiva

A síndrome hemolítico-urêmica (SHU) é um quadro grave, sendo a principal causa de insuficiência renal…

2 horas atrás

Anestesia e hipotireoidismo

O hipotireoidismo é uma das doenças endócrinas mais comuns e caracterizado pela baixa atividade da…

3 horas atrás

Cinco dicas para falar sobre fertilidade com seus pacientes

De acordo com um estudo realizado em Nova Jersey, nos EUA, apenas 25% das mulheres…

4 horas atrás

CHEST 2021: Abordagem da fístula aérea persistente em pacientes com pneumotórax

Pacientes com pneumotórax são cada vez mais comuns dentro da UTI, especialmente no contexto da…

5 horas atrás

CHEST 2021: Tratamento cirúrgico no DPOC: quando e como indicar?

A DPOC acomete milhões de pessoas em todo o mundo e é a terceira maior…

6 horas atrás