Epistaxe: ácido tranexâmico ou tampão nasal?

Pesquisadores compararam a eficácia do ácido tranexâmico e do tampão nasal em pacientes com epistaxe que faziam uso de drogas antiplaquetárias (aspirina, clopidogrel).

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

Em novo artigo do Academic Emergency Medicine, pesquisadores compararam a eficácia do ácido tranexâmico e do tampão nasal em pacientes com epistaxe que faziam uso de drogas antiplaquetárias (aspirina e/ou clopidogrel).

Para essa investigação, foi realizado um ensaio clínico randomizado em dois departamentos de emergência americanos. Dos 124 participantes com sangramento nasal selecionados, 62 receberam ácido tranexâmico tópico (500 mg em 5 mL) e 62 foram tratados com tampão nasal.

Em 10 minutos de tratamento, o sangramento foi interrompido em 73% dos pacientes no grupo ácido tranexâmico, em comparação com 29% no grupo tampão nasal (diferença = 44%, intervalo de confiança de 95%: 26% a 57%; p <0,001). Durante as primeiras 24h, 5% dos pacientes no grupo ácido tranexâmico e 10% dos pacientes do grupo tampão nasal passaram por reavaliações.

Na 1ª semana, 5% dos indivíduos que receberam do ácido tranexâmico e 21% dos que utilizaram tampão nasal sofreram sangramento recorrente (p = 0,007). Os pacientes do grupo ácido tranexâmico apresentaram maiores índices de satisfação (p <0,001). A alta em < 2 horas foi alcançada em 97% dos pacientes tratados com ácido tranexâmico versus 13% dos pacientes tratados com tampão nasal (p <0,001). Não houve eventos adversos relatados em nenhum dos grupos.

Pelos achados, os pesquisadores concluíram que o tratamento da epistaxe com ácido tranexâmico resultou em cessação hemorrágica mais rápida, menor recorrência em uma semana, menos tempo na emergência e maior satisfação do paciente.

Veja mais:Ácido tranexâmico: eficácia no tratamento da hemorragia está associada ao tempo de administração’

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências:

  • Zahed R et al. Topical tranexamic acid compared with anterior nasal packing for treatment of epistaxis in patients taking antiplatelet drugs: Randomized controlled trial. Acad Emerg Med 2017 Nov 10 | http://dx.doi.org/10.1111/acem.13345
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão

Especialidades