Página Principal > Colunistas > Erenumab é aprovado como nova profilaxia para enxaqueca
enxaqueca

Erenumab é aprovado como nova profilaxia para enxaqueca

Tempo de leitura: 2 minutos.

Em 2017, o New England publicou um estudo randomizado sobre o uso do erenumab na profilaxia da enxaqueca. A Food and Drug Administration dos EUA (FDA) o aprovou essa semana, como Aimovig (erenumab-aooe), para o tratamento preventivo dessa doença crônica, que pode ser em alguns casos debilitante. O medicamento, que é administrado em injeções mensais, é primeiro da classe a ser aprovado.

O erenumab age bloqueando a atividade do peptídeo relacionado ao gene da calcitonina, uma molécula que está envolvida em ataques de enxaqueca. A eficácia no tratamento preventivo da enxaqueca foi avaliada em três ensaios clínicos. Mais de 3 mil pacientes participaram dos ensaios, em que os efeitos colaterais mais comuns relatados foram reações no local da injeção e constipação.

Além do erenumab, três outros tratamentos com anticorpos anti-CGRP estão em uma corrida no mercado. Isso inclui o galcanezumabe (Eli Lilly e Co) e o eptinezumab (Alder BioPharmaceuticals), que espera obter a aprovação da FDA até o final de 2018. Há também o fremanezumabe (Teva Pharmaceuticals), que foi discutido recentemente em nosso portal, tendo como base um estudo publicado também no New England sobre a medicação.

Com base no comunicado da empresa, o preço do erenumab nos EUA será de US$ 575 para uma dose única de 70 ou 140 mg mensal, ou US$ 6.900 por ano. O pedido de autorização de comercialização da Agência Europeia de Medicamentos (EMA) para a Aimovig está em revisão, com previsão de aprovação dentro de poucos meses. Aguardamos o posicionamento da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Qual a melhor medicação para crise de enxaqueca?

Autora:

Referências:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.



Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.