Neurologia

Estatina pode proteger o cérebro contra a sepse

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minuto.

Estudo recente realizado por pesquisadores da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (Forp) da USP indica que a sinvastatina pode proteger o cérebro exposto à sepse.

Ratos Wistar machos (250-300g) foram submetidos à ligação cecal e punção (n = 34) ou permaneceram como não-manipulados (n = 34). Ambos os grupos foram tratados com sinvastatina por sonda (20 mg/kg) ou um volume equivalente de solução salina.

Os animais submetidos à ligação e punção foram tratados com a estatina 4 dias antes e 48h após a cirurgia. Um grupo de animais foi decapitado e o sangue e o cérebro foram coletados para quantificar os níveis plasmáticos de citocinas e avaliar a astrogliose e a apoptose no córtex pré-frontal e no hipocampo.

Veja também: ‘Médicos são fonte importante de atraso na administração de antibiótico na sepse’

Os ratos que passaram por cirurgia e foram tratados com sinvastatina apresentaram redução nos níveis de óxido nítrico (p <0,05), IL1-β (p <0,001), IL-6 (p <0,01) e níveis de TBARS (p <0,001), e aumento da atividade de catalase (p <0,01), enzima citrato sintase (p <0,05) e GSH/GSSG normalizado. Além disso, a análise histopatológica mostrou uma redução (p <0,001) em astrócitos reativos e células apoptóticas positivas para caspase-3.

Segundo os pesquisadores, esses achados sugerem um possível efeito neuroprotetor da sinvastatina em estruturas responsáveis ​​pela aprendizagem espacial e memória, e indicam a necessidade de estudos comportamentais que avaliem o impacto no dano cognitivo, que é frequentemente observado em pacientes que sobrevivem a sepse.

Quer receber diariamente notícias médicas no seu WhatsApp? Cadastre-se aqui!

Referências:

Compartilhar
Publicado por
Vanessa Thees

Posts recentes

Proposta de nomenclatura universal para insuficiência cardíaca (IC)

As definições da insuficiência cardíaca (IC) são extremamente heterogêneas, isso dificulta definir a doença para…

2 horas atrás

Miopatias em pacientes adultos com hipotireoidismo

Pacientes com hipotireoidismo mais grave ou não tratados têm maior probabilidade de desenvolver doença muscular…

3 horas atrás

Você ainda se lembra das manifestações oftalmológicas da Zika congênita? 

Em artigo publicado em maio de 2021, Ventura at al. relataram as manifestações oftalmológicas da…

4 horas atrás

Covid-19: gestantes e puérperas que tomaram a primeira dose da vacina Astrazeneca

Algumas gestantes apresentaram desfechos desfavoráveis por eventos tromboembólicos após a vacinação com a vacina Astrazeneca/Oxford.

5 horas atrás

Estatinas: FDA solicita a remoção da contra-indicação de seu uso durante a gravidez

A FDA diz que, apesar da mudança, a maioria das pacientes deve interromper as estatinas…

6 horas atrás

Explorando a saúde, a doença e a experiência da doença

Vimos que o MCCP é composto por quatro componentes e hoje veremos o primeiro deles:…

7 horas atrás