Psiquiatria

Estresse emocional pode ser trigger de doença autoimune?

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

Em novo estudo, pesquisadores da Suécia investigaram se o estresse emocional (induzido ou não pelo trauma) pode contribuir para o desenvolvimento de doença autoimune. Os resultados foram publicados em junho no Journal Of The American Medical Association (JAMA).

Esse foi um estudo de coorte retrospectivo, realizado na Suécia de 1981 a 2013, e incluiu 106.464 pacientes (40% do sexo masculino) expostos a distúrbios relacionados ao estresse, 1.064.640 pessoas não expostas pareadas e 126.652 irmãos desses pacientes. O desfecho primário foi o desenvolvimento de doença autoimune um ano após o diagnóstico de transtorno relacionado ao estresse (mediana de idade: 41 anos).

LEIA MAIS: ASIA – você conhece essa síndrome autoimune/inflamatória?

Estresse e doença autoimune

Durante um follow-up médio de 10 anos, a taxa de incidência de doenças autoimunes foi de 9,1 por 1000 pessoas-ano para os indivíduos com diagnóstico de estresse, 6,0 por 1000 pessoas-ano para os controles e 6,5 por 1.000 pessoas-ano para os irmãos.

Em comparação com a população não exposta, os pacientes com distúrbios relacionados ao estresse apresentaram risco aumentado de doença autoimune (hazard ratio [HR] 1,36; IC de 95%: 1,33 a 1,40). Os HRs para pacientes com transtorno do estresse pós-traumático (TEPT) foram de 1,46 (1,32 a 1,61) para qualquer e 2,29 (1,72 a 3,04) para múltiplas doenças autoimunes (≥3).

As elevações no risco relativo foram mais maiores entre os pacientes mais jovens (P <0,001):

  • Idade ≤33 anos: HR 1,48 (1,42 a 1,55)
  • Idade 34 a 41 anos: HR 1,41 (1,33 a 1,48)
  • Idade 42 a 50 anos: HR 1,31 (1,24 a 1,37)
  • Idade ≥51 anos: HR 1,23 (1,17 a 1,30)

O uso persistente de inibidores seletivos de recaptação de serotonina durante o primeiro ano de diagnóstico de transtorno de estresse pós-traumático foi associado com risco relativo reduzido de doença autoimune (P = 0,03):

  • Duração ≤179 dias: HR 3,64 (2,00 a 6,62)
  • Duração 180-319 dias: HR 2,65 (1,57 a 4,45)
  • Duração ≥320 dias: HR 1,82 (1,09 a 3,02)

Para os autores, os achados indicam que o estresse emocional foi significativamente associado ao aumento do risco de doença autoimune subsequente, em comparação com indivíduos não expostos e com irmãos.

LEIA MAIS: Acometimento miocárdico nas doenças autoimunes

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências:

  • Song H, Fang F, Tomasson G, et al. Association of Stress-Related Disorders With Subsequent Autoimmune Disease. JAMA. 2018;319(23):2388–2400. doi:10.1001/jama.2018.7028
Compartilhar
Publicado por
Vanessa Thees

Posts recentes

A cirurgia bariátrica diminui o risco de câncer?

Estudo avaliou se submetidos à cirurgia bariátrica possuem uma diminuição da incidência de câncer comparada…

52 minutos atrás

Oseltamivir: o que você precisa saber para a prática clínica

O surto de Influenza vivenciado em todo o país durante o começo do ano de…

2 horas atrás

Efeitos do exercício físico sobre a hipertensão arterial resistente

É consenso que a prática rotineira de exercício físico é de grande benefício para o…

3 horas atrás

Anticorpos contra o vírus SARS-CoV-2 podem estar presentes no leite humano até 6 meses após a vacinação

Estudo sugere que anticorpos específicos para SARS-CoV-2 podem estar disponíveis no leite materno por até…

4 horas atrás

Covid-19: Bio-Manguinhos/Fiocruz recebe o registro da vacina 100% nacional

A Anvisa aprovou a inclusão do IFA no país terá uma vacina 100% nacional, com…

6 horas atrás

Status de neurodesenvolvimento aos seis meses de idade em crianças com e sem exposição ao SARS-CoV-2

Um estudo avaliou a exposição fetal intrauterina ao SARS-CoV-2 e o neurodesenvolvimento de lactentes aos…

24 horas atrás