Página Principal > Neurologia > Estresse na meia idade aumenta riscos de doenças mentais
Estresse

Estresse na meia idade aumenta riscos de doenças mentais

Tempo de leitura: 2 minutos.

O estresse é uma das principais causas de problemas de saúde no mundo contemporâneo. A rotina intensa pode aumentar o risco de demência na meia-idade. É o que relata um levantamento da Universidade da Carolina do Sul, nos Estados Unidos, apresentado na Conferência Internacional da Associação do Alzheimer 2018 (AAIC), evento realizado em julho deste ano.

Segundo relatou a médica Paola Gilsanz, autora do estudo, os casos de transtornos mentais variam de acordo com a raça do indivíduo. Os asiáticos apresentam menor incidência da doença, enquanto os negros têm maior índice. Para Gilsanz, é essencial reduzir essa disparidade, porque a estafa é um fator de alto risco para o declínio cognitivo, em especial na meia-idade. Estresse e demência estão relacionados entre si de diversas maneiras, pois a estafa mental pode causar aumento do nível dos glicocorticoides, hipertensão e outras complicações no organismo.

Leia mais: Estresse emocional pode ser trigger de doença autoimune?

O estudo foi realizado de 1996 a 2017 com 12.263 pessoas na faixa etária entre 40 e 55 anos. Do total, 63% eram brancos, 17% negros, 8% asiáticos, 5% latinos e os 3% restantes pertenciam a outros grupos étnicos. Durante mais de 20 anos, os pesquisadores acompanharam a saúde dos participantes a fim de traçar possíveis diagnósticos de doença mental, morte, etc.

Entre os participantes, pelo menos 24% relataram sofrer com algum fator de estresse no cotidiano. Negros (27%) e latinos (28%) estão mais expostos a pelo menos um agente estressante do que os asiáticos (16%) e os brancos (23%). O estudo detectou que o estresse pode aumentar em 14% o risco de demência na meia-idade (hazard ratio, 1.14).

Os tipos de estresse mais mencionados são pressão no trabalho (26%) e problemas financeiros (25%), fatores mais relacionados ao surgimento de complicações mentais com o decorrer do tempo.

Tenha em mãos informações objetivas e rápidas sobre práticas médicas. Baixe o Whitebook.

Referências:

  • Midlife Stressors Boost Dementia Risk – Medscape – Jul 30, 2018

Um comentário

  1. Irany Achiles Denti

    Quase todos nós temos ciência de que vivemos sob carga excessiva de agentes estressores, principalmente determinados pela organização social em que vivemos. Por outro lado, encontrar caminhos que possam ser mais seguros e menos estressantes possivelmente será o grande desafio das próximas gerações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.



Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.