Ginecologia e Obstetrícia

Estudo associa placenta lateral com parto pré-termo e cesariana

Tempo de leitura: 2 min.

Um estudo caso-controle desenvolvido em Israel e publicado em junho de 2022 no International Journal of Gynecology and Obstetrics analisou se a posição da implantação placentária interfere no desfecho gestacional. A implantação placentária ocorre 7 dias após a concepção e normalmente (mais de 90% das vezes) acontece em localizações centrais e superiores do útero (anterior, posterior e fúndica). Entretanto, a placenta pode se implantar na lateral também.

Leia também: Bebês apresentam bactérias diferentes no intestino após cesariana

As placentas laterais normalmente recebem fluxo sanguíneo de apenas um lado da irrigação uterina, enquanto as posições centrais recebem de ambos os lados. Logo, o risco de hipofluxo placentário parece ser mais frequente nos primeiros casos, podendo trazer consequências obstétricas como alteração de crescimento fetal e pré-eclâmpsia.

Metodologia

Trata-se de um estudo caso-controle que incluiu mulheres de um hospital terciário em Israel e tiveram suas gravidezes entre 2012 e 2020. Foram colhidos dados da posição placentária por ultrassonografia anteparto, dados demográficos maternos e obstétricos. Foram excluídas mulheres com placenta prévia e gestações múltiplas.

As mulheres foram divididas em dois grupos de acordo com a posição placentária: central ou lateral. O desfecho primário analisado foi o peso ao nascer dos neonatos.

Resultados

Foram analisados dados de 12.306 mulheres, divididas em 11.608 (94%) com placenta em posição central e 698 (5,6%) com placenta em localização lateral.

Os grupos eram semelhantes do ponto de vista demográfico.

O grupo placenta lateral apresentou maiores taxas de cesárea prévia (uma cesárea 14,5% vs 10,7%; duas ou mais 3,6% vs 3,3%; p=0,007). Em relação aos desfechos obstétricos, o grupo placenta central apresentou maior taxa de polidrâmnio (6,0% vs 3,6%, p=0,008), enquanto o grupo placenta lateral mostrou maiores taxas de partos instrumentalizados (9,3% vs 8,6%, p < 0,001), partos cesáreos (33,4% vs 26,8%, p < 0,001) e partos pré-termos (16,9% vs 12,7%, p=0,002).

Não houve diferença quanto ao desfecho primário entre os grupos que foi o peso ao nascer.

A regressão logística multivariável mostrou a placenta lateral como fator associado a parto pré-termo (aOR 1,36, 95% IC  1,11-1,66) e ao parto cesárea (aOR 1,22, 95% IC  1,02-1,47).

Saiba mais: Avaliação do fator de crescimento placentário em mulheres com suspeita de pré-eclâmpsia

Discussão e conclusão

Nesse estudo, a placenta lateral estava associada a parto pré-termo e parto cesárea, dois desfechos obstétricos desfavoráveis.

Apesar de não estar associada ao baixo peso ao nascer, os autores consideram uma tendência de associação e acreditam que a diferença estatística não ocorreu pelo número amostral baixo nesse grupo.

Assim, parece haver uma concordância na literatura que quando comparada a posições centrais, a posição lateral da placenta traz maiores complicações a gestação.

Compartilhar
Publicado por
Ênio Luis Damaso

Posts recentes

Gestão do tempo, um diferencial para o médico

Aprenda a organizar seu tempo de maneira mais eficiente. Participe de evento no próximo sábado,…

7 horas atrás

Como identificar o AVC isquêmico na tomografia computadorizada? [vídeo]

Na emergência é crucial identificar em qual fase do AVC o paciente se encontra, a…

8 horas atrás

Malária: estratégias de diagnóstico precoce e tratamento

A malária é um grande problema de saúde pública. Neste post, iremos revisar os principais…

9 horas atrás

Salbutamol traz benefícios para tratamento de crianças com asma aguda grave?

Estudo não encontrou benefício na adição de uma dose de ataque de salbutamol à infusão…

11 horas atrás

Endometriose confirmada por laparoscopia e o risco de acidente vascular cerebral

A endometriose é uma doença inflamatória com uma prevalência de 10% das mulheres na menacme.…

12 horas atrás

Langya henipavirus: estudo alerta surgimento de novo vírus na China

Um estudo anunciou a detecção de um novo tipo de henipavírus filogeneticamente distinto, o Langya…

15 horas atrás