Clínica Médica

Existe redução da fertilidade masculina devido ao uso do cigarro eletrônico?       

Tempo de leitura: 2 min.

A fertilidade masculina é afetada por diversos hábitos de vida, dente eles o tabagismo. Nos últimos anos, houve um aumento no número de usuários do cigarro eletrônico, contudo ainda não havia evidências concretas quanto a repercussão deste hábito sobre a fertilidade masculina.

Leia também: Vape: quais os riscos do uso de cigarros eletrônicos por adolescentes?

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas
Cadastrar Login

Estudo recente sobre o tema

Em junho de 2020 foi publicado na Human Reproduction, um estudo transversal dinamarquês que incluiu dados de questionários aplicados em 2008 homens usuários cigarro e maconha (entre os anos de 2012 a 2018), destes 1.221 passaram a usar cigarro eletrônico e/ou rapé entre os anos de 2015 e 2018.

As variáveis analisadas foram a idade média dos usuários, bem como a correlação entre as alterações nos parâmetros hormonais reprodutivos (testosterona total e livre, globulina ligadora de hormônios sexuais, LH, estradiol e razões de inibina B/FSH, testosterona/LH e testosterona livre/LH) e seminais (contagem total de esperma e concentração de esperma) com o tipo de tabagismo.

Resultados

Os resultados encontrados, quando comparados os parâmetros seminais dos homens não tabagistas com os usuários de cigarro eletrônico diário, mostraram uma contagem significativamente menor no número de espermatozoides totais (147 milhões contra 91 milhões), mesmo caso dos fumantes diários (139 milhões contra 103 milhões). Metade da população estudada era fumante de cigarro (52%), 13% usavam cigarro eletrônico, 25% usavam rapé e 33% maconha.

Quando avaliados os níveis hormonais entre tabagistas e não tabagistas, encontrou-se 6,2% e 4,1% de testosterona total e 6,2% e 6,2% de testosterona livre, respectivamente. Já os usuários de maconha apresentaram níveis significativamente mais altos de testosterona total (8,6%).

Por ser o primeiro estudo evidenciando as repercussões do uso do cigarro eletrônico na fertilidade masculina, até então desconhecido e subestimado, faz-se importante recomendar a suspensão do uso em casais que desejam engravidar.

Saiba mais: Vape: o cigarro eletrônico é tão nocivo quanto o comum?

Autor(a):

Referências bibliográficas:

  • Holmboe SA, et al. Use of e-cigarettes associated with lower sperm counts in a cross-sectional study of young men from the general population. Human Reproduction. 2020 Jul;35(7):1693–1701. doi: 1093/humrep/deaa089.
Compartilhar
Publicado por
Camilla Luna

Posts recentes

Check-up Semanal: nova diretriz para TPV, probióticos na tolerância à APLV e mais! [podcast]

Check-up Semanal: confira as últimas notícias sobre as novas diretrizes para TPV, o uso de…

6 horas atrás

Atualização no tratamento da hipertensão arterial pulmonar

A hipertensão arterial pulmonar (HAP) era até pouco tempo uma doença com prognóstico sombrio e…

8 horas atrás

Crianças e adolescentes não sofrem lesões ligamentares do tornozelo?

Uma revisão sistemática recentemente buscou determinar a incidência dos diferentes tipos de lesões laterais do…

9 horas atrás

O papel do peptídeo natriurético cerebral na fibrilação atrial

Estudo investigou o efeito do NT-proBNP basal na recorrência de FA após ablação por catéter…

10 horas atrás

Tratamento da policitemia vera: conceitos importantes

Muitos pacientes com policitemia vera são assintomáticos e descobrem a doença acidentalmente, em hemograma realizado…

11 horas atrás

Dia do Médico 2021: o que devemos focar na nossa carreira e trajetória médica?

No Dia do Médico 2021, a PEBMED e o Whitebook vêm até vocês para falarmos…

12 horas atrás